ESPORTES

Último jogo de Marcelinho Carioca com camisa do Corinthians completa 11 anos

Publicados

em


No dia 13 de janeiro de 2010, há exatos 11 anos, um dos maiores ídolos da história do Corinthians realizava sua última partida com a camisa alvinegra. Jogando no estádio do Pacaembu, Marcelinho Carioca se despedia da torcida corintiana em amistoso contra o Huracán (ARG).

A partida foi a primeira da equipe na temporada, e Marcelinho atuou com equipe que iniciava a preparação para o ano do centenário do clube. O time entrou em campo para enfrentar o time argentino com Felipe; Alessandro, Paulo André, William e Escudero; Marcelo Mattos, Jucilei, Morais e Marcelinho; Defederico e Souza. O Timão venceu por 3 a 0, com gols de Souza, Morais e Dentinho.

Marcelinho Carioca não vestia a camisa do Corinthians desde o fim de 2006, ano de sua última temporada como atleta corintiano. O ex-meia é o quinto maior artilheiro da história do clube, com 206 gols marcados em 433 jogos pelo time do Parque São Jorge.

Leia Também:  Chevrolet completa 96 anos de Brasil com 17 milhões de carros produzidos

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Em coletiva, Cléber afirma: “Está todo mundo contente, mas ninguém quer parar por aqui”

Publicados

em


Na tarde de quarta-feira, antes das atividades em campo da reapresentação alvinegra, o atacante Cléber concedeu entrevista coletiva guiada na Sala de Imprensa Sérgio Pinheiro. Um dos vice-artilheiros do Time do Povo na atual edição da Série A, o camisa 89 comentou sobre o bom momento vivido pelo Mais Querido e a aspirações alvinegras nesta Série A, uma vez que o primeiro objetivo, a soma de 45 pontos, foi atingido.

Ao falar sobre a campanha alvinegra, o atacante pontuou que o desempenho agrada a todos no vestiário, mas que o grupo ainda não se sente satisfeito e deseja ir ainda mais longe.

“Tivemos um crescimento muito grande durante a competição. Chegamos aos 45 pontos faltando muitos jogos. Está todo mundo contente, mas ninguém quer parar por aqui. O grupo quer marcar seu nome na história do clube, mas para isso temos de nos dedicar ao máximo, encarar esses próximos seis jogos como seis finais, para que a gente possa surpreender lá na frente”, ressaltou.

Além disso, o atacante pontuou que estar em uma competição internacional tornou-se uma meta do elenco. Para isso, Cléber disse acreditar que o tratamento dos próximos jogos como decisões é fundamental.

  Coritiba treina no CT da Graciosa, para ter bons resultados contra Sport

Leia Também:  Auxílio: nascidos em dezembro têm último saque liberado a partir desta quarta

“Nossa ideia é pensar jogo a jogo. Ir fazendo grandes partidas e procurar evoluir. A partir de agora temos seis finais. O objetivo é, lá na frente, chegar em uma competição internacional”, afirmou.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA