ESPORTES

Grêmio segue em treinamentos para jogos contra Corinthians e Guarani

Publicados

em


Com o acréscimo dos jogadores que atuaram contra o Cuiabá na última quarta-feira, o técnico Renato Portaluppi comandou nessa tarde o segundo treinamento preparatório ao jogo contra o Corinthians, domingo. A sessão dessa tarde foi dividida entre atividades físicas e técnico-táticas. Novo reforço, César Pinares ficou na academia.

Antes de começar as atividades com bola, os jogadores se reuniram com a preparação física para um circuito, revezando-se em diferentes estações de trabalho. Nelas, os atletas exercitaram movimentos de agilidade, mudanças de direção, velocidade e salto. Finalizada a parte física, o grupo foi dividido em setores, orientados pelo técnico Renato Portaluppi em uma metade do campo e pelo auxiliar Alexandre Mendes em outra.

Com Renato estavam laterais, meio-campistas de criação e atacantes, além dos goleiros. O técnico treinou exaustivamente a criação de jogadas, orientando posicionamento e combinações, tais como ultrapassagens, triangulações e passes entrelinhas. Na outra metade, Alexandre Mendes e Victor Hugo Signorelli comandaram uma atividade de movimentos defensivos, com os zagueiros e os volantes de posicionamento. Eles trabalharam jogadas frontais e laterais e os defensores tinham a função de afastar a bola e se organizar dentro da estratégia proposta.

  Grêmio interrompe rodadas sem gols ao vencer o Coritiba de 2 a 1

Leia Também:  Flamengo contrata lateral-direito Luan Sales, do Atlético-GO até final de 2021

No último momento da sessão os jogadores fizeram uma atividade de ataque contra defesa, colocando em prática os movimentos orientados por Renato e Alexandre Mendes no treinamento setorizado. Apresentado nessa manhã como reforço tricolor, o meio-campista César Pinares fez um trabalho específico na academia. Ele já tem condições de jogo, mas será avaliado pela comissão técnica para saber se acompanha a delegação a São Paulo e Assunção.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Desfalcado na zaga, Bahia volta a ter defesa mais vazada do Brasileirão

Publicados

em


A derrota por 4 a 0 para o Bragantino para o Bragantino, na última sexta-feira, fez o Bahia chegar a 34 gols sofridos no Brasileirão e retomar o posto de defesa mais vazada, agora ao lado do Goiás, lanterna da competição. Vale lembrar que a 22ª rodada ainda está em andamento e muitas equipes têm jogos a menos.

Antes da chegada de Mano Menezes, o Bahia tinha disputado oito jogos no Brasileirão, com 14 gols sofridos e média de 1,72 por partida. Em apenas um jogo não sofreu gols e vinha de amargas derrotas, entre elas um 5 a 3 para o Flamengo, em Pituaçu.

  Bahia se reapresenta e inicia preparação para partida contra o Fortaleza

Leia Também:  Com atuação impecável, Juventude derrota o Paraná de 5 x 0

Com o treinador, no Brasileirão, o Tricolor fez 14 partidas e sofreu 20 gols, o que significa média de 1,42 por jogo. Destas partidas, ficou sem ser vazado em duas delas.

Para piorar a situação, Mano tem convivido com desfalques e poucos zagueiros à disposição. Juninho, Anderson Martins, Lucas Fonseca e Ernando são os quatro zagueiros do elenco profissional utilizados. Lucas, porém, está machucado e Ernando em fase final de recuperação de lesão. O segundo, inclusive, pode pintar no jogo desta terça, contra o Unión Santa Fé, pela Copa Sul-Americana.

E, no seu próximo compromisso, o treinador vai precisar ter uma defesa afinada já que, na Sul-Americana, há o critério de gol qualificado. A partida contra o Unión Santa Fe está marcada para esta terça-feira, às 19h15, na Arena Fonte Nova.

 

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA