ESPORTES

Fortaleza vence Clássico-Rei outra vez e garante título cearense

Publicados

em


O Fortaleza é bicampeão cearense. Nesta quarta-feira (21), o Leão do Pici venceu o Ceará por 1 a 0 na Arena Castelão, com gol do lateral Tinga, conquistando o título estadual pela 43ª vez na história.

O time comandado por Rogério Ceni foi a campo com a vantagem de ter vencido a partida de ida, no último dia 30, por 2 a 1. O Tricolor poderia até perder por dois gols de diferença que levaria o título. Ao Ceará de Guto Ferreira, só uma vitória por dois gols ou mais serviria. Mesmo que o Alvinegro igualasse o placar agregado, em caso de triunfo por um gol, o rival ficaria com a taça, por ter campanha melhor.

A primeira etapa foi movimentada, com quase tudo que se espera de um clássico decisivo. Claro, com a ressalva de vivermos a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Ou seja, sem público. Equilíbrio? Teve. Discussão? Também, com direito a cartão amarelo para um atleta do Fortaleza que nem em campo estava: o meia Mariano Vázquez saiu do banco para discutir com o lateral Eduardo, do Ceará, e foi punido.

Leia Também:  Athletico PR não dá espaço para o Santos e vence de 1 a 0

O que não teve foi gol, mas não por falta de oportunidade. Principalmente do Vozão, que acertou duas bolas na trave. Primeiro com o meia Vina, depois com o atacante Rafael Sóbis. A melhor chance do Leão foi travada com precisão pelo zagueiro Luiz Otávio, que cortou um cruzamento do atacante Romarinho e impediu que o também atacante David recebesse a bola sem goleiro, e quase debaixo do travessão.

Precisando de dois gols, o Ceará intensificou a pressão no segundo tempo, mas pecou na conclusão das jogadas. Na máxima do “quem não faz, toma”, o Fortaleza abriu o placar aos 15 minutos, com Tinga, em lance de bate-rebate, após cruzamento do atacante Yuri César. O gol foi uma ducha de água fria no Alvinegro, que não conseguiu mais agredir o rival e ainda perdeu o meia Leandro Carvalho expulso antes do apito final.

O Fortaleza passa a se preocupar com a Copa do Brasil. Neste domingo (25), o Leão visita o São Paulo às 20h30 (horário de Brasília), no jogo de volta do confronto das oitavas de final. Um dia antes, às 19h, o Ceará vai a campo pela Série A do Campeonato Brasileiro contra o Coritiba, pela 18ª rodada da competição.

Leia Também:  PL na Câmara aumenta pena por estupro de vulnerável e garante aborto legal

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Desfalcado na zaga, Bahia volta a ter defesa mais vazada do Brasileirão

Publicados

em


A derrota por 4 a 0 para o Bragantino para o Bragantino, na última sexta-feira, fez o Bahia chegar a 34 gols sofridos no Brasileirão e retomar o posto de defesa mais vazada, agora ao lado do Goiás, lanterna da competição. Vale lembrar que a 22ª rodada ainda está em andamento e muitas equipes têm jogos a menos.

Antes da chegada de Mano Menezes, o Bahia tinha disputado oito jogos no Brasileirão, com 14 gols sofridos e média de 1,72 por partida. Em apenas um jogo não sofreu gols e vinha de amargas derrotas, entre elas um 5 a 3 para o Flamengo, em Pituaçu.

  Bahia se reapresenta e inicia preparação para partida contra o Fortaleza

Leia Também:  Fortaleza consegue importante vitória sobre o Botafogo

Com o treinador, no Brasileirão, o Tricolor fez 14 partidas e sofreu 20 gols, o que significa média de 1,42 por jogo. Destas partidas, ficou sem ser vazado em duas delas.

Para piorar a situação, Mano tem convivido com desfalques e poucos zagueiros à disposição. Juninho, Anderson Martins, Lucas Fonseca e Ernando são os quatro zagueiros do elenco profissional utilizados. Lucas, porém, está machucado e Ernando em fase final de recuperação de lesão. O segundo, inclusive, pode pintar no jogo desta terça, contra o Unión Santa Fé, pela Copa Sul-Americana.

E, no seu próximo compromisso, o treinador vai precisar ter uma defesa afinada já que, na Sul-Americana, há o critério de gol qualificado. A partida contra o Unión Santa Fe está marcada para esta terça-feira, às 19h15, na Arena Fonte Nova.

 

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA