ESPORTES

Athletico precisa vencer 7 jogos de 17 partidas para não sofrer o rebaixamento

Publicados

em


O Furacão tem 25 pontos, apenas três acima do Z-4. Os matemáticos calculam que são necessários pelo menos 45 pontos para não cair. Os comandados de Paulo Autuori, portanto, precisam de mais 20 pontos – equivalente a sete vitórias ou a seis vitórias e dois empates.

Na reta final, o Athletico faz oito jogos em casa, contra Santos, Atlético-MG, Vasco, São Paulo, Flamengo, Internacional, Atlético-GO e Sport.

Além disso, o Furacão disputa nove jogos fora: Palmeiras, Fluminense, Bragantino, Botafogo, Coritiba, Bahia, Ceará, Corinthians e Grêmio.

Vale destacar que Vasco e Fortaleza, dois concorrentes diretos do Athletico na luta contra o rebaixamento, se enfrentam em jogo adiado da 16ª rodada nesta quinta-feira, às 19h, em São Januário.

  • Se o Vasco vencer, o Athletico cai para o 11° lugar, e a vantagem para o Z-4 do Brasileirão diminui de três para dois pontos.
  • Se o Fortaleza ganhar, o Furacão também perde uma posição, mas mantém os três pontos de vantagem para a zona de rebaixamento.
  • Já se Vasco e Fortaleza empatarem, o Athletico segue na 11ª posição, mas a distância para o Z-4 cai para dois pontos.

  Treinos do Athletico para o jogo contra o Goiás começam nesta terça-feira

Leia Também:  Botafogo SP perde de 2 a 1 para o Guaraní em Campinhas

O próximo jogo do Athletico – e a chance para afastar ainda mais o fantasma do rebaixamento – será contra o Santos. A partida, válida pela 22ª rodada, está marcada para 19h de sábado, na Arena da Baixada.

O volante Richard cumpre suspensão pelo terceiro amarelo, e Wellington deve substituí-lo. Alguns jogadores preocupam pela maratona de jogos, e o clube fará exames para avaliar se terá que poupa-los ou não.

Um provável Athletico para encarar o Peixe, portanto, tem Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno (Zé Ivaldo) e Abner; Wellington, Christian e Fernando Canesin; Nikão (Fabinho), Reinaldo e Kayzer.
1 de 1
Athletico precisa de 20 pontos dos 51 em disputa — Foto: Mineirão

 

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Paraná é derrotado pelo Guaraní por 2 a 1 na Vila Capanema

Publicados

em


O Paraná foi derrotado para o Guarani, por 2 a 1 nesta terça-feira (24), pela 23ª rodada da Série B do Brasileiro, na Vila Capanema. Com o resultado o Tricolor fica na 13ª posição, com 29 pontos conquistados, o próximo confronto é diante do Operário, sexta-feira (27), às 19h15, no estádio Germano Kruger.

O jogo começou com os dois times se estudando bastante e com poucas chances de gol. A primeira boa oportunidade da partida surgiu aos 27 minutos, quando o lateral Paulo Henrique arriscou de longe e o goleiro fez a defesa. Aos 31 minutos, o Guarani abriu o placar em um chute de fora da área. O Tricolor tentou a reação ainda na primeira etapa, Matheus Matias finalizou de longe a bola desviou em Thiago Alves e entrou, porém o atacante paranista estava em posição irregular.

A equipe paranista voltou melhor para a segunda etapa. Aos 22 minutos saiu o empate, Fabrício fez lindo lançamento para Wandson, o atacante dominou e finalizou, 1×1. Com o gol o Paraná Clube foi pra cima, Bruno Lopes e Léo Castro tiveram oportunidades, mas a bola não entrou. Aos 48 minutos o time visitante fez o segundo e venceu a partida.

  Ponte Preta vence o Guaraní por 2 a 0 e volta para o G -4

Leia Também:  Atlético MG empata com o Ceará e permanece na liderança da Série A

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA