ENTRETENIMENTO

Dua Lipa está confirmada no ‘Rock in Rio’; veja relação da cantora com o Brasil

Publicados

em


source
Dua Lipa
Marcelo de Assis

Dua Lipa


Os fãs da cantora britânica Dua Lipa sentiram falta da presença da artista no tapete vermelho do Met Gala nesta segunda feira (13). Mas eles já podem deixar a tristeza de lado e comemorar porque no Rock in Rio a estrela está confirmada. No dia 11 de setembro, último dia de evento, Dua Lipa faz sua estreia no maior festival de música do mundo. Desde que Manu Gavassi, no’ BBB 20′, liderou a performance da música “Don’t start now”, a cantora vem ganhando espaço no Brasil e para aquecer, O GLOBO listou alguns acontecimentos que aproximam a cantora do país.

‘BBB 20’

Manu Gavassi se tornou uma das maiores responsáveis por disseminar a Dua Lipa no Brasil. No ‘BBB 20′, Gavassi dançou em todas as festas uma coreografia, inventada por ela, da música “Don’t start now’ que conseguiu desbancar artistas nacionais e se firmar como a única música internacional no top 10 —revezando entre o quarto e o quinto lugar — das músicas mais tocadas do Spotify no Brasil.

O sucesso foi tanto que a própria Dua Lipa compartilhou em sua conta no Twitter a performance dos brothers. Pouco depois, a equipe do programa convidou a cantora para fazer um show virtual em uma das festas do ‘BBB 20’ e a surpresa deixou Manu sem reação.


Amigos na música

Dua Lipa convidou o DJ e produtor Alok para fazer uma versão remix do single “Physical”, um dos maiores sucessos de seu segundo álbum”Future Nostalgia” — no YouTube, o clipe da música já acumula mais de 300 milhões de visualizações. Em 2020, Em uma live, em 2020, para falar sobre a parceria, ela chegou a conheceu Ravi, filho do DJ, e Alok aproveitou para pedir para que a artista mandasse um beijo para Bruna Marquezine, sua superfã e amiga de Manu Gavassi, e ela cumpriu.

A propaganda que Alok fez de Bruna Marquezine deu tão certo que Dua Lipa passou a segui-la no Instagram. Além da atriz, Pabllo Vittar e Anitta também ganharam o follow da cantora. É pedir muito um feat entre essas três?

Galvão Bueno

Dua Lipa já esteve na boca do narrador mais famoso do Brasil. Em 2018, a cantora foi convidada para abrir a final da Liga dos Campeões, disputada entre Real Madrid e Liverpool, e, durante a a transmissão, Galvão Bueno comentou “Ela é a Anitta da Inglaterra”. O comentário virou uma polêmica na internet, alguns concordaram e outros acharam ruim a comparação.

Além disso, Galvão ainda fez uma analogia entre o primeiro grande sucesso da cantora britânica, “New rules” com as novas regras do futebol “e com as novas regras que o mundo precisa tomar”, disse.

Referência na moda

Além de conquistar fãs pormeio da música, Dua Lipa é uma referência na moda para outras artistas.

Leia Também:  O Brasil caminha para a irresponsabilidade? Especialista debate na live de hoje

No Rock in Rio 2017, Bruna Marquezine, fã assumida da cantora, usou o penteado e um modelo de óculos com lentes amarelas muito parecido com o visual de Dua Lipa no clipe de ‘New Rules’.

No ano seguinte, a atriz Leticia Colin usou na festa de lançamento da nova novela das nova um look inspirado no estilo da cantora britância, segundo a própria atriz. Na época, ela disse ao Gshow que a roupa a fazia se sentir mais mulher e segura, como a personagem.

Recentemente, Dua Lipa apareceu com um biquíni com bordados em crochê igual ao da atriz Isis Valverde. A peça é da grife italiana GCDS e só é vendida online. O modelo esgotou depois de as fotos das duas bombarem nas redes sociais. Isso é que é poder!

Fãs brasileiros

Essa não será a primeira vez da cantora no Brasil. Em 2017, ela esteve em São Paulo e Porto Alegre para abrir shows da banda Coldplay. A repercussão foi tanta que foi feito um show solo, também na capital paulista, com a casa cheia.

A chegada ao Brasil, no entanto, pode ter sido um pouco traumática. A artista tinha apenas 22 anos e foi recebida no aeroporto por alguns fãs exaltados que gritavam e corriam tanto que Dua Lipa deixou o local chorando e nervosa.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Anitta é chamada de racista por americanos

Publicados

em


source
Anitta é chamada de racista por americanos
Instagram

Anitta é chamada de racista por americanos


Uma postagem recente de Anitta tem dado o que falar entre o público norte-americano – o mesmo que Anitta tem focado em conquistar. Enquanto se maquia, a funkeira cantarola e solta um termo que é visto como totalmente insultuoso para a comunidade negra nos Estados Unidos. O fato não passou batido e muita gente resolveu reclamar da fala da poderosa no Twitter. A coluna detectou que não é a primeira vez que cantora usa esse termo.


Antes que o gado de Anitta venha aqui gritar e passar pano, entendam que, se na cabeça de vocês, na nossa cultura está tudo bem, na norte-americana americana não está. Então vocês devem respeitar e não tentar ficar justificando. Vão estudar antes de gritar. O termo usado por Anitta foi “niggas” e vamos explicar um pouco sobre.

Leia Também:  'A Fazenda 13': Mãe de Safadão detona Mileide em áudio; ouça

A palavra ‘nigga’ foi criada há muito tempo e era o termo usado pelos brancos nos EUA para se referirem aos negros indicando que eles eram inferiores e sub-humanos. Muitos negros morreram queimados, torturados, espancados e linchados enquanto eram chamados por esse nome. Talvez seja a palavra que mais simbolize as ideias de supremacia branca nos EUA. Apesar de nos dias de hoje muitos negros, principalmente os mais jovens, usem a expressão com outro sentidos em situações PRIVADAS, entre familiares ou amigos muito íntimos, a palavra continua tendo conotação extremamente racista quando usada por brancos.

Alguns com certeza vão ousar dizer que Anitta não é branca. Sim, caros leitores, já lemos isso de fãs, mas Anitta é, sim, uma mulher branca e com certeza deveria respeitar mais uma cultura que não é dela. Quando a gente chega na casa de alguém, a primeira coisa que devemos aprender é sobre suas regras e costumes, mas parece que Anitta, assim como no Brasil, adora fazer a lacração “armada”, quando na verdade não tem profundidade nos assuntos.

Leia Também:  Volvo XC40 Recharge quer liderar a categoria dos 100% elétricos no Brasil

Anitta faz parte do conselho do Nubank, instituição que aqui no Brasil, através de sua co-fundadora, Cristina Junqueira, também teve falas racistas durante sua participação no programa Roda Viva. Ao falar sobre diversidade racial, ela disse que ‘não dá pra nivelar por baixo’.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA