ECONOMIA

Banco do Brasil (BBAS3) pode perder conselheiros e diretores após troca na presidência

Publicados

em


source
Banco do Brasil (BBAS3) pode perder conselheiros e diretores após troca na presidência
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Banco do Brasil (BBAS3) pode perder conselheiros e diretores após troca na presidência

A troca na presidência do Banco do Brasil (BBAS3), seis meses após o desembarque de André Brandão, vindo do HSBC, deve desencadear uma forte baixa no Conselho de Administração do conglomerado, seguindo o que ocorreu na Petrobras.

De acordo com o Estadão, o colegiado já vinha apresentando insatisfação com a interferência do governo de Jair Bolsonaro nas estatais e a fritura do executivo nos últimos meses. A indicação de Fausto Ribeiro, que tocava até então a área de consórcios do banco e antes só ocupou cargos de gerência, seria o estopim.

Banco do Brasil

Segundo o jornal, as mudanças não são esperadas apenas no colegiado. De acordo com fontes internas do banco, diretores e vice-presidentes já começaram a sinalizar que podem seguir Brandão e abandonar o barco. Os nomes ainda são mantidos em sigilo. Na vice-presidência são esperadas ao menos duas baixas, relata uma das fontes.

A insatisfação após o anúncio, na noite de quinta-feira, foi geral. Pesou principalmente o fato de Ribeiro ter chegado ao segundo escalão do BB há pouco tempo, após ter sido promovido para a presidência da BB Consórcios. Antes, todos os cargos que ocupou foram no patamar de gerência, o que desencadeou o incômodo nos bastidores do banco, que consideram o salto dele “meteórico”.

Leia Também:  "Estatal do Centrão": 90% dos recursos da Codevasf são de deputados governistas

Conselho

No Conselho de Administração, as baixas devem ocorrer, mas por ora, uma ‘renúncia coletiva’, por exemplo, estaria descartada. Os membros indicados por acionistas minoritários, Luiz Serafim Spinola Santos e Paulo Roberto Evangelista de Lima, estariam no time que deve permanecer.

Você viu?

Presidente do conselho de administração está insatisfeito com clima no Banco do Brasil

O presidente do Conselho, Hélio Magalhães, com carreira longeva no universo bancário, é um dos que tem demonstrado decepção a pessoas próximas e que poderia largar o bastão.

Ele aceitou o convite para assumir a cadeira diante da bandeira da equipe econômica de dar uma cara privada aos colegiados dos bancos públicos, além da agenda liberal.

Veja BBAS3 na Bolsa :

alt
  • Só clique aqui se já for investidor

O post Banco do Brasil (BBAS3) pode perder conselheiros e diretores após troca na presidência apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Publicados

em


Trabalhadores informais nascidos em janeiro recebem hoje (16) a segunda parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

Na última quinta-feira (13), a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da segunda parcela. O calendário de depósitos, que começaria hoje e terminaria em 16 de junho, será aberto hoje e acabará em 30 de maio.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

CALENDÁRIO DA SEGUNDA  PARCELA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021 CALENDÁRIO DA SEGUNDA  PARCELA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021

CALENDÁRIO DA SEGUNDA PARCELA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021 – Divulgação Governo Federal
Leia Também:  Covid-19: Ritmo de vacinação cai pela metade no Brasil, aponta estudo

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 16. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Calendário de pagamento do Bolsa Família - ano 2021 Calendário de pagamento do Bolsa Família - ano 2021

CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS DO BOLSA FAMÍLIA 2021 – MINISTÉRIO DA CIDADANIA/DIVULGAÇÃO

Edição: Nádia Franco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA