ECONOMIA

Auxílio: nascidos em abril e novo grupo do Bolsa Família recebem nova parcela

Publicados

em


source
Caixa
Marcelo Camargo/ABr

Novos pagamentos serão realizados nesta sexta-feira; confira o calendário completo

Os trabalhadores nascidos em abril recebem, nesta sexta-feira (dia 27), o depósito em conta poupança social digital de mais uma parcela do  auxílio emergencial de R$ 600 ou R$ 300. Esses pagamentos já fazem parte do ciclo 5. O dinheiro, no entanto, somente estará disponível para retirada ou transferência bancária no dia 6 de janeiro.

Esses trabalhadores são informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microempreendedores individuais (MEIs) e inscritos no Cadastro Único sem direito a Bolsa Família. Eles se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial, pelo site da Caixa e pelos Correios .

Essas pessoas ainda vão receber uma parcela de R$ 600 (aqueles que começaram a receber o auxílio emergencial em julho, por exemplo, ou tiveram o pagamento suspenso em algum momento e depois liberado) ou uma cota da extensão de R$ 300 (como os que receberam o primeiro benefício em abril, maio ou junho). Tudo vai depender de quando começaram a receber o pagamento da Caixa Econômica Federal .

Leia Também:  Copa Airlines retomará voos na Venezuela

Bolsa Família

Ainda nesta sexta-feira, 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) de final 9 vão sacar o auxílio emergencial extensão, no valor de R$ 300. Esta é a oitava e penúltima cota do auxílio emergencial prevista pelo governo federal.

Na segunda-feira (dia 30), será a vez de os beneficiários com NIS de final 0 receberem o pagamento, encerrando o calendário do Bolsa Família referente a novembro.

O saque poderá ser feito com o cartão original do programa social, numa agência da Caixa, numa casa lotérica ou num correspondente Caixa Aqui .

Contestação de benefício cancelado

Os inscritos no Bolsa Família que vinham recebendo a extensão de R$ 300, mas tiveram o último pagamento cancelado, podem apresentar uma contestação à decisão do governo de cortar o pagamento. O prazo de reclamação, que começou a contar no domingo (dia 22), vai até 2 de dezembro. Todas os pedidos deverão ser feitos pelo site da Dataprev .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Lufthansa não voará novamente sua frota de jatos Airbus A340-600

Publicados

em


source

Contato Radar

Lufthansa não voará novamente sua frota de jatos Airbus A340-600
Calebe Murilo

Lufthansa não voará novamente sua frota de jatos Airbus A340-600

A pandemia sem dúvidas mudou a dinâmica do mercado de maneira abrupta. Companhias aéreas nos quatro cantos do planeta tiveram que se adaptar à nova realidade para garantir sua sobrevivência à longo prazo.

O quadrijato Airbus A340-600 em questão, era parte da frota de longo curso da maior companhia aérea alemã, a Lufthansa. Devido a grande capacidade da aeronave, todas as unidades operantes foram levadas para o armazenamento de longo período em decorrência da pandemia, com a previsão de retorno após cerca de 1,5 anos.

Apesar disso, as 17 unidades restantes não deverão voltar ao serviço ativo. De acordo com o CEO da Lufthansa, Carsten Spohr. Em entrevista ao Eurocontrol, o executivo informou que a frota de Airbus A340-600 não será trazida de volta.

Esteja informado: clique aqui  e leia mais notícias de aviação!

Você viu?

“Retiramos aviões quadrimotores, imobilizamos toda a frota do A380. Tiramos o A340-600 e não planejamos trazê-lo de volta ao ar”, comentou Carsten Spohr, CEO da Lufthansa.

Leia Também:  Marinha anuncia concurso com 960 vagas; confira detalhes

Mesmo com a aposentadoria dos A340-600, a companhia ainda continua a contar com 17 unidades da variante A340-300, que possuem idade média de 21.3 anos. Além disso, 28 unidades do Boeing 747 continuam na frota, somando um total de 45 quadrijatos, de acordo com dados do Planespotters.

O post Lufthansa não voará novamente sua frota de jatos Airbus A340-600 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA