RONDONÓPOLIS

CUIABÁ

HMC e Hospital Municipal São Benedito prestam homenagem aos profissionais no dia da enfermagem

Publicados

em

A Empresa Cuiabana de Saúde Pública, que administra o Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto Socorro Dr. Leony Palma de Carvalho – HMC e Hospital Municipal São Benedito – HMSB, prestou homenagens aos profissionais enfermeiros e técnicos em enfermagem, pelo Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro, celebrado em 12 de abril. Mais de mil profissionais foram homenageados entre as duas unidades hospitalares.

No HMC, a data dedicada à categoria de enfermeiro também se estendeu ao técnico em enfermagem, com entrega de certificados de reconhecimento, lembrancinhas, sorteio de brindes, música e lanche. O diretor-geral da ECSP, Paulo Rós e o diretor-administrativo e financeiro Eduardo Vasconcelos participaram das comemorações. 

Segundo o diretor-geral, Paulo Rós, em datas comemorativas são realizadas ações humanizadas em prol dos colaboradores, como determina a gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro e sua equipe. 

“Sabemos da importância do enfermeiro e técnico em enfermagem na prestação de cuidados com os pacientes, por essa razão dedicamos todo o nosso reconhecimento. Espero que todos gostem da homenagem, e se sintam valorizados, pois é esse o nosso intuito”, destacou o diretor-geral. Na oportunidade, ele agradeceu todas as pessoas que colaboraram com a realização e organização da ação em prol da enfermagem.

No Hospital Municipal São Benedito, a equipe do Projeto Acolher, entregou cartão com homenagem e bombom para cada profissional enfermeiro. Já a coordenação de enfermagem e o setor de qualidade realizarão a entrega de certificados de reconhecimento e lembrancinhas para os enfermeiros e para os técnicos em enfermagem, no dia 20 de maio, data em que é celebrada o dia do técnico em enfermagem. 

Leia Também:  Proposta inclui profissionais de beleza em classificação econômica de atividades

A enfermeira assistencial Leila Silva, que atua há 3 anos na profissão de enfermeira e há 7 anos como técnica em enfermagem, conta que, se sente uma pessoa acolhida e valorizada enquanto profissional. “Enfermagem é amor. Quando eu era criança, precisei dos cuidados da enfermagem e da medicina intensiva, eu fui bem cuidada e recebi esse amor. Esse foi o motivo ao qual escolhi essa profissão, hoje eu repasso para os pacientes o mesmo amor e cuidados que eu recebi quando criança”, revelou.

Leila trabalha no Hospital Municipal de Cuiabá desde a inauguração. “Eu cresci profissionalmente neste hospital, aqui eu tenho oportunidade de exercer minha profissão com respeito ao próximo. “Eu sinto que vale a pena cada minuto. Nosso trabalho muda a vida dos pacientes e essa mudança positiva deixa a gente motivada. Constantemente recebemos elogios, cartas de agradecimento e presentes. Todo esse carinho enche meu coração de alegria”, completou. 

“Eu saí de um coma com o sistema digestivo sem controle, precisei usar fralda, e os profissionais faziam o trabalho com carinho, me deram banho, esquentaram a água e me higienizaram. Existem pessoas com vocação somada à paixão para exercer determinadas coisas, é assim que eu vejo esses valorosos profissionais. Os enfermeiros e técnicos em enfermagem são empenhados e tratam a gente como se fossemos da família. Os profissionais fazem coisas surpreendentes, é difícil acreditar, mas é verdade”, relatou o feirante Eduardo da Silva, 52 anos, que está há 60 dias internado no HMC. 

Leia Também:  Estudantes da rede pública municipal de ensino participam de atividades de educação ambiental

A técnica em enfermagem, Edna Figueiredo, 56 anos, atua há 25 anos na área. Durante esses anos ela conta que, o momento mais marcante foi o período da pandemia. “Eu trabalhava no Hospital Municipal São Benedito, vi muitas pessoas perderem a vida, mas o amor à profissão e ao próximo me deu forças para continuar exercendo minha função. Atualmente sou colaboradora do HMC, gosto muito do meu trabalho e agradeço a valorização com todos nós funcionários”, destacou. 

Dia Internacional da Enfermagem e Dia do Enfermeiro

Dia 12 de maio comemora-se mundialmente o Dia da Enfermagem e o Dia do Enfermeiro, em homenagem a Florence Nightingale, marco da enfermagem moderna no mundo e que nasceu em 12 de maio de 1820. 

No Brasil, além do Dia do Enfermeiro, entre os dias 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem, data instituída em meados dos anos 40, em homenagem a dois grandes personagens da Enfermagem no mundo: Florence Nigthingale e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares.

A profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. Durante séculos, a enfermagem vem formando profissionais em todo o mundo, comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Comissão destaca valor já investido e aprova vistoria de parlamentares da Câmara Federal nas obras do VLT

Publicados

em

Foi votada e aprovada nesta quarta-feira (18) pela Comissão Permanente de Viação e Transporte da Câmara Federal a realização de uma vistoria in loco nas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande. O requerimento foi apresentado pelo deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) e subscrito pela deputada Christiane de Souza Yared (PP-PR), a partir de articulação do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho). 

“É uma iniciativa da Câmara Federal extremamente positiva para que esse imbróglio seja solucionado. Uma obra que recebeu recursos federais, uma obra de grande magnitude, e que agora querem abandonar completamente, depois de todo valor investido. Não bastasse isso, estão buscando essa substituição por um meio de transporte ultrapassado e que não atende a real necessidade da população”, avalia o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que esteve em Brasília na sexta-feira (13). 

O requerimento apresentado na Comissão destaca que a obra trata-se do maior empreendimento de mobilidade urbana da região metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, oriundo da Copa do Mundo de 2014. Lembra ainda que o valor inicial do projeto foi orçado em cerca de R$ 1,4 bilhão, sendo o recurso de origem da União Federal, e deveria ser concluído ainda em 2014, mas encontra-se com os trabalhos inacabados.

Leia Também:  Serviço Social do Hospital Municipal de Cuiabá presta assistência humanizada aos pacientes e familiares

“A nosso ver, clama por uma atuação dessa comissão, a fim de evitar mais desperdício de recurso público, bem como uma implementação de uma política pública que não representa o anseio da população e tão pouco a melhor e mais eficiente alternativa no âmbito da mobilidade urbana para a região”, diz trecho do documento.

Além da vistoria técnica, também foi aprovado o acompanhamento do andamento processual no Tribunal de Contas da União (TCU), que determinou a suspensão dos procedimentos administrativos de substituição do VLT pelo Ônibus de Rápido Transporte (BRT). A Comissão enfatizou que a troca do modal foi feita de forma unilateral pelo Estado de Mato Grosso, mesmo com 60% da obra já concluída e mais de R$ 1 bilhão de recursos públicos aplicados.  

“O Tribunal de Contas de União reconheceu a não observância do direito de efetiva participação do município de Cuiabá no processo decisório da alteração do modal de transporte público. Tal decisão se deu de forma unilateral, impositiva, em total inobservância à governança interfederativa prevista na Lei 13.089, de 12 de janeiro de 2015”, completa o requerimento aprovado. 

Leia Também:  Secretaria de Saúde promove evento em alusão ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA