CARROS E MOTOS

Terrestre de primeira viagem: Winnebago lança seu trailer de entrada Hike 100

Publicados

em


source


Winnebago Hike 100 é um trailer prático para quem quer mais praticidade sem deixar a comodidade de um veículo maior
Divulgação

Winnebago Hike 100 é um trailer prático para quem quer mais praticidade sem deixar a comodidade de um veículo maior

Com o final de ano chegando, não há nada melhor que pegar a família e fazer um passeio sem se preocupar com local de hospedagem, comida etc. Pelo menos é assim que pensam os americanos, um dos maiores consumidores do mercado de trailers e motorhomes.

A Winnebago, por exemplo, com sede na cidade estadunidense de Eden Prairie, no estado de Minnesota, é uma das mais tradicionais no mercado de transformação de veículos em moradia e apresenta o modelo Hike 100 , o menor trailer já fabricado pela empresa.

Esta versão de entrada foi lançada recentemente e é ideal àqueles que não têm muita experiência e quer adquirir o seu primeiro trailer com a vantagem de oferecer toda a comodidade de um veículo maior com a praticidade de reboque e poder estacioná-lo em qualquer vaga, graças aos seus 457 cm de comprimento e 241 cm de largura.

Leia Também:  Cresce 98% a renovação de CNHs em São Paulo

O  100 é o ‘irmão mais novo’ e mais compacto da Hike, projetado para ser rebocado basicamente com qualquer caminhão de médio porte ou SUV. O peso seco declarado é de 1.225 kg e permite carregar até 680 kg de carga , de caiaques a bicicletas.

Leia Também

Leia Também

Ao contrário da maioria dos reboques Winnebago , este não é um veículo familiar. Pode acomodar só duas ou três pessoas, dependendo da configuração desejada, mas não é exatamente feito para ser vivido.

Leia Também

Conta com uma cama queen-size, beliche / loft, cozinha compacta com ou sem área para refeições, geladeira, fogão de indução e forno de micro-ondas, cozinha externa opcional, banheiro úmido com vaso sanitário, chuveiro e pia que funciona como armazenamento para equipamentos de secagem, painéis solares e suportes para equipamentos e acessórios adicionais.

Leia Também:  Casal posa pela primeira vez com seus nove bebês recém-nascidos

Fora isso, o trailer  possui um tanque de 141 litros para água doce, um de 21,5 litros para águas negras (águas residuais de esgoto do vaso sanitário, mantida em um tanque de retenção na cor preta) e um tanque de 114 litros para águas cinzentas (águas residuais das pias e chuveiro, armazenadas em um tanque de retenção na cor cinza).

Ele também tem um pequeno aquecedor de água , um forno (18.000 BTU), ar condicionado, um tanque de propano de 9,1 kg e painel solar padrão de 190 watts , com a possibilidade de adicionar uma unidade portátil.

O Hike 100 faz parte das novidades da Winnebago para 2022 e seu preço, ainda não foi divulgado.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Aprovado Projeto de Lei que prevê multa ao estacionar em guias rebaixadas

Publicados

em


source
Entre outras mudanças, recursos provenientes do pagamento de multas poderão ser usados para obras ligadas à acessibilidade
Divulgação

Entre outras mudanças, recursos provenientes do pagamento de multas poderão ser usados para obras ligadas à acessibilidade

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprova o Projeto de Lei que permite multar os motoristas que estacionarem seus carros em frente de guias rebaixadas para acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Conforme o que está previsto, a infração será média, com multa de R$ 130,16 e com a possibilidade do veículo vir a ser rebocado.

Com isso, a diferença é que, caso a proposta seja aprovada, o motorista poderá ser multado não apenas quem estacionar em guias rebaixadas para entrada e saída de veículos ou em faixas de pedestre, mas também em acessos para PcD.

Leia Também:  DF pode liberar máscaras a partir da primeira semana de novembro

Além disso, existe a hipótese das infrações serem convertidas em advertências se não forem cometidas no período de um ano.Outro ponto que deverá contribuir com as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida é a autorização dos recursos das multas de trânsito para realizar obras ligadas à acessibilidade.

Ou seja, 10% do total dos recursos provenientes da cobrança das infrações poderá ser usado para projetos e investimentos em instrumentos tecnológicos para melhorar a segurança e acessibilidade no trânsito.

Hoje em dia, as verbas das multas podem ser usadas em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. Porém, o PL ainda precisa ser analisado Finanças e Tributação, de Constituição e Justiça, e de Cidadania, antes de seguir para o Plenário.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA