CARROS E MOTOS

SUVs têm melhor mês do ano no mercado brasileiro e batem recorde

Publicados

em


source
Chevrolet Tracker foi o SUV mais vendido do mês de março, superando o rival Jeeo Renegade por 224 unidades
Renato Maia/Falando de Carros

Chevrolet Tracker foi o SUV mais vendido do mês de março, superando o rival Jeeo Renegade por 224 unidades


O segmento dos SUVs atingiu em março a sua maior participação no mercado brasileiro em 2021, com uma fatia de 38,6% do total de automóveis vendidos. Praticamente empatando com o recorde absoluto de junho de 2020, quando modelos como o Chevrolet Tracker e o Jeep Renegade responderam por 38,61% dos carros negociados. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos).


Em março, foram comercializados 54.788 SUVs no Brasil. Alta de 17,55% em relação aos 46.609 emplacamentos do segundo mês do ano. Variação percentual maior do que a do restante do mercado de carros de passeio e comerciais leves no período, que com 141.938 unidades registrou variação positiva de 10,81%.

Leia Também:  Estrangeiros perdem interesse por mercado de ações brasileiro, mostra índice

Você viu?

Com este volume, os utilitários ficaram mais uma vez atrás apenas dos veículos de entrada e hatches pequenos, que juntos somaram 56.323 emplacamentos e uma participação de 39,69%. A liderança em março ficou com o Chevrolet Tracker (6.410), seguido por Jeep Renegade (6.186) e Hyundai Creta (6.173). 

Jeep Renegade segue na ponta no acumulado ano, seguido de perto pelo VW T-Cross. Diferença é de 115 unidades
Divulgação

Jeep Renegade segue na ponta no acumulado ano, seguido de perto pelo VW T-Cross. Diferença é de 115 unidades


“Muitas dessas vendas já tinham sido realizadas, nos meses anteriores, e os clientes estavam aguardando a entrega dos veículos, pelos fabricantes, o que ocorreu em março. Isso justifica o bom desempenho do mês, mesmo com o fechamento do comércio em estados importantes, como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, por exemplo”, observa em nota o presidente da Fenabrave , Alarico Assumpção Júnior.

No acumulado do ano, os SUVs somam 149.330 unidades e uma participaçlão de 37,26% no total de vendas. O Jeep Renegade segue na ponta (20.710), acompanhado por Volkswagen T-Cross (20.595) e Jeep Compass (17.637).

Leia Também:  BOI/CEPEA: Exportação de março é recorde para o mês

Ranking SUVs em março – unidades emplacadas

1 – Chevrolet Tracker: 6.410 2 – Jeep Renegade: 6.186 3 – Hyundai Creta: 6.173 4 – Volkswagen T-Cross: 5.289 5 – Jeep Compass: 5.211 6 – Volkswagen Nivus: 3.918 7 – Honda HR-V: 3.728 8 – Nissan Kicks: 3.136 9 – Renault Duster: 2.624 10 – Honda WR-V: 1.209

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Segway mostra moto elétrica movida a célula de hidrogênio

Publicados

em


source
Segway Apex2: luzes coloridas nas rodas, como no filme
Divulgação

Segway Apex2: luzes coloridas nas rodas, como no filme “Tron 0 O Legado” e cilindros de hidrogênio entre os destaques

A utilização de células a combustível que funcionam com hidrogênio e geram eletricidade pode começar a ser aplicada em motos num futuro próximo. E um dos modelos que podem dar o pontapé inicial é o Segway Apex H2 que ainda está na fase de protótipo, mas que tem chances de ser fabricada em alguns anos, conforme a fabricante chinesa.

Com estilo das motos futuristas que aparecem no filme “Tron – O Legado”, o que inclui luzes coloridas nas rodas, o Segway Apex H2 leva cilindros de hidrogênio que poder ser trocados ou reabastecidos, o que ainda não foi divulgado, sinal de que o projeto ainda está em estágio bem inicial.

Por enquanto, o que se sabe é que a Segway Apex H2 pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos com 80 cv, potência que também é suficiente para atingir 150 km/h de máxima. Também chegaram a anunciar que moto elétrica teria um preço aproximado de US$ 10.700, o que equivale a cerca R$ 60.800, o que é um valor competitivo.

Foto: Divulgação

Leia Também:  Mousse de Abacaxi bem geladinho e super gostoso, e o melhor! Super fácil de fazer!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Se tudo der certo, a Apex H2 poderá estar disponível para venda a partir de 2023. Seria uma volta de uma grande novidade da fabricante que segue, vendendo apenas scooters elétricos , hoverboads e outros itens que funcionam como uma espécie de extensão do corpo humano.

Em 2020, a Segway mostrou o S-Pod, uma espécie de cadeira que se equilibra sozinha e que pode servir como meio de transporte urbano para curtas distâncias e que funciona guiada por um sistema de navegação. Além disso, há bicicletas elétricas. Dona da Ninebot , a empresa levantou mais de US$ 80 milhões em investimentos.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA