CARROS E MOTOS

Rolls-Royce será totalmente elétrica até 2030

Publicados

em


source
Rolls-Royce Spectre, o primeiro elétrico da marca
Divulgação

Rolls-Royce Spectre, o primeiro elétrico da marca

A Rolls-Royce confirma o lançamento do Spectre , seu primeiro modelo totalmente elétrico, para o último quadrimestre de 2023. O modelo já está sendo testado nas ruas e deverá ser apresentado ainda em 2022. No Brasil, a fabricante britânica é representada pela Via Itália.

“Estou orgulhoso de anunciar o início dos testes do nosso primeiro modelo elétrico, que será lançado em todo o mundo no último quadrimestre de 2023”, disse Torsten Müller-Otvos, CEO da Rolls-Royce . “Este produto irá elevar a revolução dos modelos elétricos como o mais luxuoso deles”.

A fabricante espera percorrer mais de 2,5 milhões de quilômetros em testes para garantir a qualidade do Spectre. “Essa mudança radical de motorização é um desafio que precisamos enfrentar. Para isso, faremos o maior programa de testes da história da Rolls-Royce, simulando mais de 400 anos de uso do Spectre”, continua o executivo.

Leia Também:  Novo Range Rover chega no primeiro semestre de 2022

Após a apresentação do Spectre, a Rolls-Royce planeja eletrificar mais modelos do catálogo, até que todo o line-up seja formado apenas por modelos da categoria em 2030.

“Com o novo produto, marcamos nossas credenciais para eletrificar todo o portfólio. A partir de 2030, não teremos modelos a combustão nas concessionárias”, esclarece Müller-Otvos 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Aprovado Projeto de Lei que prevê multa ao estacionar em guias rebaixadas

Publicados

em


source
Entre outras mudanças, recursos provenientes do pagamento de multas poderão ser usados para obras ligadas à acessibilidade
Divulgação

Entre outras mudanças, recursos provenientes do pagamento de multas poderão ser usados para obras ligadas à acessibilidade

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprova o Projeto de Lei que permite multar os motoristas que estacionarem seus carros em frente de guias rebaixadas para acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Conforme o que está previsto, a infração será média, com multa de R$ 130,16 e com a possibilidade do veículo vir a ser rebocado.

Com isso, a diferença é que, caso a proposta seja aprovada, o motorista poderá ser multado não apenas quem estacionar em guias rebaixadas para entrada e saída de veículos ou em faixas de pedestre, mas também em acessos para PcD.

Leia Também:  Triumph anuncia a chegada da nova Bonneville T100 ao Brasil

Além disso, existe a hipótese das infrações serem convertidas em advertências se não forem cometidas no período de um ano.Outro ponto que deverá contribuir com as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida é a autorização dos recursos das multas de trânsito para realizar obras ligadas à acessibilidade.

Ou seja, 10% do total dos recursos provenientes da cobrança das infrações poderá ser usado para projetos e investimentos em instrumentos tecnológicos para melhorar a segurança e acessibilidade no trânsito.

Hoje em dia, as verbas das multas podem ser usadas em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. Porém, o PL ainda precisa ser analisado Finanças e Tributação, de Constituição e Justiça, e de Cidadania, antes de seguir para o Plenário.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA