CARROS E MOTOS

Maxiscooter Honda Forza 750 é apresentada oficialmente

Publicados

em


source
Honda Forza 750
Divulgação

Honda Forza 750


A Honda apresentou oficialmente nesta semana a maxiscooter Forza 750, modelo que estreia na linha 2021 para ser o maior da família, que conta também com modelos de 350 e 125 cilindradas.


A Honda Forza 750 tem peso em ordem de marcha de 235 kg e traz uma suspensão dianteira com garfo invertido na dianteira e sistema monoshock na traseira, ambos com curso de 120 mm. O motor é o mesmo bicilíndrico de 745 cc usado na Honda X-ADV disponível no mercado brasileiro, porém em uma variação de 58,6 cv preparada para atender às normais de emissões Euro V.

Equipado com um tanque de gasolina de 13,2 litros, a Forza 750 consegue obter médias de consumo de até 27,78 km/h e está equipada com um câmbio de seis marchas e dupla embreagem.


Na parte tecnológica, os destaques do modelo são o painel TFT que permite a conexão com o smartphone do piloto, além de um seletor de modos de condução com quatro opções de calibragem (Standard, Sport, Rain e User), sendo três acertos padrão e o último personalizável, permitindo alterar as respostas do acelerador, freios, e de intervenção do controle de tração.

Leia Também:  Hyundai HB20S Diamond Plus: sedã ganha novos itens e detalhes

Forza 350

Honda Forza 350
Divulgação

Honda Forza 350


Apresentada na Tailândia em julho, a Forza 350 começa a ser oferecida também no mercado europeu. Este modelo é o substituto da sccooter Forza 300, que foi mostrada no Brasil durante o Salão Duas Rodas do ano passado e chegou a ser confirmada para chegar este ano no mercado brasileiro.

Além do novo visual, o principal destaque mecânico do Forza 350 em relação ao antecessor é o motor de 350 cc, que desenvolve 29,2 cv. Ou 4,1 cv a mais que o bloco usado na antiga Honda Forza 300.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Projeções mostram como deverá ficar o novo Honda HR-V

Publicados

em


source
Honda HR-V
Projeção/Kleber Silva

Honda HR-V terá frente arrojada com faróis cortados pelo prolongamento da grade, mas perde as maçanetas embutidas nas colunas traseiras

A apresentação global do novo Honda HR-V atrasa por conta da pandemia do novo corona vírus e deverá acontecer em maio de 2021, informa o site Autocar da Índia . O carro é um dos mais importantes para a fabricante japonesa, uma vez que é o representante do segmento com maior participação nas vendas no mundo atualmente, o dos SUVs compactos.

O novo Honda HR-V passará a ser fabricado sobre nova plataforma, a mesma usada nos novos Fit e City, além de passar a contar com versões mais eficientes, com motor 1.0 turbo, de três cilindros e até uma híbrida. Como acontece na maioria das vezes quando um carro muda de geração, o novo SUV também ficará um pouco maior que o atual, chegando nos 4,4 metros de comprimento (ante 4,33 m hoje em dia).

Leia Também:  Projeções mostram como deverá ficar o novo Honda HR-V

Como mostram as projeções feitas peo designer Kleber Silva , o novo Honda HR-V ficará com aspecto mais moderno, com um prolongamento da nova grade frontal invadindo o desenho dos faróis, entradas de ar mais largas, novos defletores de ar e anteparos, manterá a alta linha de cintura, mas perde as maçanetas das portas traseiras embutidas nas colunas.

Mais detalhes do novo Honda HR-V

Honda
Projeção/Kleber Silva

Lanternas traseiras também serão novas, seguindo o estilo adotado os lançamentos mais recentes da marca japonesa

As novidades do Honda HR-V são fundamentais para que o carro continue tendo apelo diante dos cada vez mais fortes rivais no disputado segmento cujos líderes de vendas atualmente no Brasil são os modelos Jeep Renegade , Chevrolet Tracker, VW T-Cross e Hyundai Creta, que também logo receberá mudanças significativas.

Se a Honda resolver apostar na versão híbrida da novo HR-V no Brasil o carro poderá se tornar o primeiro do segmento, uma vez que a Toyota terá o Corolla Cross, mas entre os SUVs médios e não nos compactos. O sistema da Honda conta com dois motores elétricos que movem o carro até 80 km/h. A partir disso, entra em ação o motor a combustão começa a gerar força para o segundo motor elétrico.

Leia Também:  Mercedes-Benz GLB 200 estreia no Brasil por R$ 299.900

Porém, tudo indica que o novo Honda HR-V vai demorar mais para chegar ao Brasil por conta das mudanças de planos provocadas pela crise econômica global. Portanto, não devemos esperar o carro por aqui antes de 2022. Até lá a marca deverá lançar outras novidades, incluisive os novos Fit e City.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA