CARROS E MOTOS

Maior fábrica da Fiat deverá produzir apenas modelos eletrificados na Itália

Publicados

em


source
Linha de montagem em Mirafiori
Divulgação

Linha de montagem em Mirafiori

A Stellantis quer que a icônica fábrica da Fiat em Turim (Itália) se transforme em um centro de desenvolvimento e produção de modelos híbridos e totalmente elétricos. Atualmente, o complexo de Mirafiori já produz o Fiat 500e – que foi lançado no Brasil em setembro.

O processo de eletrificação se dará da seguinte forma. Os modelos produzidos em Grugliasco (Ghibli e Quattroporte, da Maserati), serão alocados em Mirafiori, assim como os seus funcionários. Como Grugliasco é uma cidade da região metropolitana de Turim, os trabalhadores não serão afetados pela mudança. As informações são do site Auto News.

Sendo assim, a produção dos modelos da Maserati ficará totalmente concentrada em Mirafiori. A mudança marca o fim da produção de veículos em Grugliasco, que continuará fabricando componentes para os carros do grupo Stellantis. Um novo investimento está previsto para a fábrica de Mirafiori, com o objetivo de eletrificar todos os modelos.

Leia Também:  Pneu perfurado por 10 pregos não murcha; confira o vídeo

As fábricas da Fiat na Itália têm sido um problema para o Grupo Stellantis. Em fevereiro, o chefe-executivo Carlos Tavares afirmou que os custos das fábricas da Fiat são quatro vezes maiores que os da Peugeot-Citroën na França e na Espanha, onde são produzidos modelos correspondentes.

O plano, segundo o executivo, é tornar a produção da Fiat mais enxuta e lucrativa na Itália. O complexo de Melfi, no sul da Itália, também deve receber um novo investimento para a fabricação de baterias para carros elétricos. Atualmente, o complexo produz os modelos Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat 500X.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Triumph anuncia a chegada da nova Bonneville T100 ao Brasil

Publicados

em


source


Modelo T100 é o primeiro da família Bonneville a ganhar atualização da fabricante inglesa de motocicletas
Divulgação

Modelo T100 é o primeiro da família Bonneville a ganhar atualização da fabricante inglesa de motocicletas

A Triumph renova aos poucos todos os modelos da família Bonneville, considerada a linha de motocicletas clássicas da marca e o primeiro a ser atualizado é o T100 que conta agora com melhor desempenho, segurança e estilo.

As mudanças começam pelo  motor bicilíndrico, de 900 cc, agora com 65 cv de potência (10 cv a mais em relação ao antigo modelo) disponível a partir das 7.400 rpm) e torque de 8,15 kgfm a 3.750 rpm – sendo que 80% desse torque está disponível entre 2.000 e 7.000 rpm, garantindo ao seu usuário uma forte aceleração sempre que necessário.

Além disso, a Bonneville T100 também ficou mais leve (4k a menos) a exemplo dos novos componentes dos freios da marca Brembo com dois pistões com ABS e do controle de tração comutável melhorando significativamente a segurança e o conforto na condução.

Leia Também:  Toyota pretende vender apenas híbridos e elétricos no Brasil em 6 anos

Parte dessa comodidade de guiar está nos novos garfos dianteiros , equipados com amortecedores de maior especificação, combinados com os amortecedores duplos traseiros.

Outras novidades estão basicamente no painel de instrumentos com a marca Bonneville , para-lama traseiro em aço e os espelhos, aro do farol e tampa do compartimento de óleo cromados. A luz traseira é totalmente de LED .

A nova Triumph Bonneville T100 está sendo lançada pelo preço de R$ 52.990, exclusivamente na cor preta. Ainda não há previsão para lançamento no mercado brasileiro dos demais modelos da família Bonneville.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA