RONDONÓPOLIS

CARROS E MOTOS

Fiat 500 fica entre os mais vendidos na Europa no semestre

Publicados

em

Fiat 500 chega aos 65 anos. Hoje, o modelo elétrico é quem mais se destaca no velho continente
Divulgação

Fiat 500 chega aos 65 anos. Hoje, o modelo elétrico é quem mais se destaca no velho continente

O Fiat 500 sempre foi um carro carismático. Nos anos 60 e 70, era tão popular que passou a ser referido como o “Fusca italiano”. Décadas depois, em meio às suas “idas e vindas”, eis que o carrinho se adequa à nova era da eletrificação. A maior prova de que continua bem sucedido é que ficou entre os mais vendidos no primeiro semestre do ano, desbancando até mesmo a VW na Alemanha.

O compacto italiano ficou entre os três carros elétricos mais vendidos no continente, e também na França e Espanha. Se consagra na liderança nos mercados da Itália e da Alemanha.

“O novo 500 elétrico ficou entre os três veículos elétricos mais vendidos na Europa nesse semestre, e liderou na Alemanha, superando até mesmo os carros locais. Essa é uma prova do sucesso da estratégia de eletrificação da Fiat, e reafirma nosso compromisso com a transição elétrica como missão social histórica.” Declarou Oliver Francois, CEO da Fiat. A atual geração é a terceira do modelo, que chegou ao mercado em 1957 e já vendeu mais de 6 milhões de unidades ao redor do mundo.

Leia Também:  Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

O primeiro 500 ficou em produção por 18 anos, até 1975, e recebeu um sucessor em 2007, que chegou até a ser comercializado no Brasil entre 2009 e 2014. O que impediu de ser tão bem sucedido no Brasil, nessa época, é que seu preço não era tão em conta, principalmente para um carro de seu porte.

O novo 500 elétrico é uma atualização visual mais moderna do modelo de 2007, mas é oferecido apenas com motorização elétrica. Mesmo assim, e ignorando o seu custo mais elevado do que outros carros a combustão, acumula mais de 100 mil unidades vendidas. em dois anos.

Um dos fatores que fazem o 500 ser tão bem aceito na Europa é o fato destes consumidores se interessarem por veículos pequenos — e, mais recentemente, por elétricos. E o pequeno Fiat oferece isso com um visual clássico, mas ao mesmo tempo moderno. No Brasil, existem cerca de 330 unidades do 500e emplacadas, segundo o Denatran, e é oferecido em versão unica custando a partir de R$ 255.990. É equipado com motor de 118 cv e 22,4 kgfm de torque, e segundo a Fiat, possui autonomia de 320 km. 

Leia Também:  Carros elétricos e combustíveis alternativos têm avançado nos estudos

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Raro Porsche 911 Speedster pode ser vendido por mais de R$ 1,6 milhão

Publicados

em


Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA
Divulgação

Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA

Com preço estimado entre US$ 275 mil e US$ 325 mil, o equivalente a pouco mais de R$ 1,4 milhão e 1,6 milhão em conversão direta, um raríssimo Porsche 911 Speedster de 1989 na cor ‘Grand Prix White’ ou ‘Branca Grand Prix’ será leiloado pela RM Sotheby’s no próximo dia 19 de agosto.

Para todos os ‘Porscheiros’, o Speedster nada mais é que o suprasumo dos 911, um culto entre colecionadores do mundo inteiro cuja produção ocorreu em janeiro de 1989 e destinada apenas ao mercado dos EUA. O conversível foi idealizado e inspirado no como uma homenagem ao icônico 356.

Só para se ter uma ideia da raridade, o esportivo alemão que utilizava a base do 930 Turbo Cabriolet da época e, de acordo com a Porsche, foram fabricadas apenas 832 unidades , cuja principal diferença estética está no para-brisa menor e na capa rígida que encobre a capota de lona de acionamento manual.

Leia Também:  Quaest: rejeição ao governo Bolsonaro cai, mas não entre mulheres

Tal inspiração deu tão certo para a marca que a Porsche aproveitou o sucesso e fez outras variantes para outros modelos mais recentes com o Boxster Speedster pintado na mesma tonalidade e nos mesmos propósitos e características, porém espalhado para outros mercados, incluindo o brasileiro.

No caso específico deste 911, segundo a organização da casa de leilões RM Sotheby’s, ele foi à época encomendado com mais de US$ 6.000 em extras opcionais. Estes incluem um rádio Blaupunkt, banco do motorista elétrico, banco do passageiro com ajuste de altura, diferencial de deslizamento limitado, compartimento de armazenamento traseiro e uma alavanca de câmbio mais curta.

Por dentro, o 911 Speedster conta com o couro Can Can Red que obviamente foi bem conservado ao longo dos anos e parece estar em excelentes condições. Complementando o couro estão os tapetes Can Can Red e a alavanca de câmbio. Enquanto isso, o painel tem acabamento de couro preto.

Leia Também:  Carros elétricos e combustíveis alternativos têm avançado nos estudos

A listagem acrescenta que o carro passou por um grande serviço em 2020 que custou US$ 5.891 (R$ 30.397) e incluiu manutenção no motor, caixa de câmbio, freios e sistemas de combustível. Uma nova bateria também foi instalada, assim como quatro pneus novos.

Se você gostou da raridade da Porsche , a RM Sotheby’s leiloará o carro em 19 de agosto de 2022. Então prepara as economias, junte os amigos e familiares para ficar na torcida e dê o seu lance. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA