RONDONÓPOLIS

CARROS E MOTOS

Audi inclui e-tron S Sportback no programa de carros por assinatura

Publicados

em

source


Audi e-tron é o modelo 100% elétrico da marca alemã que passa a ser oferecido por assinatura no Brasil
Divulgação

Audi e-tron é o modelo 100% elétrico da marca alemã que passa a ser oferecido por assinatura no Brasil

A Audi lança a nova fase do programa de carros por assinatura ‘Audi Luxury Signature’ que conta agora o novo modelo 100% elétrico e-tron S Sportback além dos já conhecidos no pacote A4, Q7, e-tron e e-tron Sportback.

De acordo com a marca alemã, os valores para assinatura partem de R$ 8.285 por mês em planos de 24 meses; além dessa novidade, o programa também ganha expansão territorial e está disponível em 27 cidades, com ajuda de 34 pontos de venda.

O plano por assinatura está disponível para as concessionárias credenciadas presentes nos estados de São Paulo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Leia Também:  Comissão aprova criação de programa de crédito para recuperação da Mata Atlântica

O programa de assinatura ‘Audi Luxury Signature’ ainda oferece planos que possuem duração de 18 ou 24 meses e contemplam até 1.500 km para rodar por mês, seguro, IPVA, licenciamento, assistência 24 horas e manutenção preventiva, além de blindagem disponível com custo adicional. O projeto é desenvolvido em parceria com a Fleet Solutions, empresa do Grupo Volkswagen.

Os valores de assinatura partem de R$ 8.285 para o Audi A4 Sedan , R$ 15.330 para o Audi e-tron , R$ 15.795 para o Audi Q7 , R$ 16.345 para o Audi e-tron Sportback , R$ 18.245 para o Q8 e R$ 21.100 para o Audi e-tron S Sportback.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Saída de marcas estrangeiras ‘obriga’ Rússia a fabricar seus carros

Publicados

em

source


Moskvich 2140, antiquado modelo russo deverá voltar a ser fabricado no meio da guerra com a Ucrânia
Reprodução

Moskvich 2140, antiquado modelo russo deverá voltar a ser fabricado no meio da guerra com a Ucrânia

A guerra entre a Rússia contra a Ucrânia vem tomando cada vez mais mudanças incertas quanto à economia e a mais recente notícia é o anúncio da francesa Renault , que decidiu pausar as suas relações com o país por tempo indeterminado.

Com essa decisão, a Moskvich , empresa fundada na década de 1930 e que operou até 1991 na era soviética, através do comunicado do prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, será ‘ressuscitada’ .

Apesar dessa decisão implicar em uma possível decisão em massa de, pelo menos, dezenas de centenas de empregados , com a chegada da Moskvich, Sobyanin comentou em um comunicado à imprensa local que tentará manter todos os funcionários atuais da fábrica . Além disso, a unidade fabril também tentará obter a maioria das peças dos carros de empresas russas.

Leia Também:  Museus estaduais têm programação especial e gratuita ao público

Em um post em seus blog pessoal, o prefeito de Moscou comentou sobre a volta da fábrica Moskvich e o destino dos então empregados da Renault, que poderá aumentar o número de desemprego na Rússia.

“Não podemos permitir que esses trabalhadores fiquem sem os seus empregos”, começou escrevendo Sergei Sobyanin no seu blog pessoal, adiantando que decidiu “retomar a produção de automóveis de passageiros sob a histórica marca Moskvich”.

Apesar da decisão que põe em risco o desemprego de inúmeros funcionários, a Renault se posicionou que está disposta a uma nova negociação com a possibilidade de voltar a operar no mercado russo, assim que a ‘poeira baixar’.

Quanto aos veículos, a Moskvich vai fabricar modelos movidos a gasolina, mas que num futuro, vai passar a produzir versões elétricas, conforme dizeres no blog de Sobyanin que não especificou quais modelos de veículos seriam fabricados sob o nome Moskvich na antiga fábrica da Renault .

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA