BRASIL

Gatinha da Cracolândia: Irmão diz que não abandonará a traficante, presa em SP

Publicados

em


source
Gatinha da cracolândia, traficante presa em SP
Reprodução O Dia

Gatinha da cracolândia, traficante presa em SP

O irmão de Lorraine Cutier Bauer Romero,  conhecida como “Gatinha da Cracolândia”, presa em São Paulo na última quinta-feira, disse que jamais a abandonará. A afirmação foi uma resposta de Lorruan Bauer a um seguidor numa rede social, que havia perguntado, na noite desta segunda-feira: “Vai abandonar sua irmã?”. O rapaz postou junto uma foto dos dois, quando eram crianças.

Além de Lorraine, o namorado dela, André Luiz Santos de Almeida, também está preso por suspeita de tráfico desde o fim do mês passado. Os dois são pais de uma menina. em entrevista ao portal “UOL”, publicada nesta terça-feira, a mãe de André, Karina Pereira, de 35 anos, contou que se surpreendeu com a notícia do envolvimento do filho e da jovem com o crime.

“Não sei se a mãe a ajudava. Mas ela tem condições, né? Então não desconfiei de nada. O meu filho sempre trabalhou fazendo ‘bicos’ em obras ou entregando panfletos. O meu filho nunca foi marginal”, disse.

Leia Também:  Onda de calor eleva temperaturas nesta terça-feira em São Paulo

Segundo ela, Lorraine é “uma menina meiga, inteligente e carinhosa”: “Dizia que me amava e me chamava de ‘tia’. Era de uma família bem estruturada. Mas o meu filho também tem família. E também foi bem educado”. Karina falou que trabalhou em “várias profissões” para sustentar André e afirmou que o rapaz vai responder pelas acusações feitas pela polícia: “Infelizmente, ele fez escolhas erradas e vai responder por isso”.

Você viu?

Polícia apura ligação com facção paulista

A Polícia Civil de São Paulo investiga a ligação de Lorraine com uma facção paulista. Segundo o delegado Severino Pereira de Vasconcelos, do 77º Distrito Policial, todos os presos na Operação Caronte, que há quatro meses investiga o tráfico nas tendas da cracolândia, são implicados com o crime organizado:

— Motivo pelo qual o IP (inquérito policial) está na Vara Especializada de Combate à Lavagem de Dinheiro e Crime Organizado.

Leia Também:  Humilhado por desembargador, guarda recorre ao STJ e pede indenização

De acordo com as investigações, Lorraine lucrava, em média, R$ 6 mil por dia com tráfico de drogas na região central de São Paulo. Ela pegava um quilo por cerca de R$ 21 mil o vendia por até R$ 35 mil. Ainda segundo a Polícia Civil, Lorraine era uma das chefes do tráfico na cracolândia. Para não chamar a atenção no local, ela usaria roupas escuras e um chapéu ou um capuz.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Alesp inicia plano para neutralizar emissões de gases do efeito estufa

Publicados

em


source
Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)
Divulgação/Barbara Moreira/Alesp

Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

Nesta semana, a  Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) iniciou um projeto para neutralizar emissões de gases do efeito estufa. A proposta tem o objetivo de identificar o volume emitido e implantar metas de redução e planos de mitigação, transformando a Casa em uma instituição Carbono Zero.

“Esse é um projeto importante e que poderá servir de exemplo para outras casas legislativas e instituições públicas de todo o país. A questão ambiental é pauta diária da sociedade e a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo está empenhada em fazer a sua parte, compensando as emissões de gases com plantio de arvores e recuperação de áreas ambientais”, afirmou o presidente do Parlamento paulista, deputado Carlão Pignatari.

Com a medida, todos os servidores, funcionários terceirizados e cidadãos que visitarem a Alesp participarão do levantamento de informações sobre o deslocamento, como distância percorrida, periodicidade e o tipo de transporte e combustível utilizados.

Entre os dados da Assembleia, serão coletados o consumo de materiais (desde papel até produtos de limpeza) e energia elétrica por matriz emissora de gases, descarte de resíduos sólidos, além de informações ligadas ao transporte oficial.

Leia Também:  Humilhado por desembargador, guarda recorre ao STJ e pede indenização

Depois de levantar esses dados, a Alesp vai organizar um Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa e apresentar um plano de ação, propondo metas de redução de emissão de gases.

“A participação de todos é essencial para o sucesso do projeto. O formulário já está disponível para preenchimento. Os funcionários, terceirizados e visitantes podem acessar por meio do QR Code disponível nos cartazes afixados e espalhados aqui pelo Palácio 9 de Julho, sede do Legislativo”, disse Julio Cesar Forte Ramos, secretário-geral de Administração da Alesp.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA