BRASIL

Filho mata pai com golpes de faca para defender mãe de agressão em Minas Gerais

Publicados

em


source
Crime aconteceu em Montes Claros
Prefeitura de Montes Claros/Divulgação

Crime aconteceu em Montes Claros

Na madrugada desta terça-feira (19), no bairro Cintra em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais , um adolescente de 13 anos matou o pai a facadas para proteger sua mãe de agressões causadas pelo falecido. As informações foram apuradas pelo O Tempo. 

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar , o homem, de 44 anos, saí por volta das 19h para consumir bebidas alcoólicas e só retornou para sua residência quase 1h da manhã, alcoolizado. Ao chegar em casa, ele não conseguia estacionar o seu automóvel da maneira correta e foi advertido pela sua esposa. 

O suspeito então, reagiu com descontrole e começou a desferir ofensas a sua esposa, partindo para agressões físicas com chutes e um tapa. O filho do casal testemunhou o ato e se dirigiu a cozinha e para defender a mãe, pegou uma faca. O pai em seguida, partiu para cima do adolescente e disse: “quero ver se você é mais homem do que eu”. 

O homem teria agredido o filho com um soco e foi revidado com três facadas no peito. O adolescente logo após o ato, ligou para o Corpo de Bombeiros e o atendimento foi feito, porém, o homem acabou morrendo no local. O menino foi apreendido pela Polícia Civil e indiciado em flagrante por ato infracional análogo a homicídio .

A mãe e filho contaram que sofriam constantemente com abusos do falecido. O filho será apresentado no Ministério Público de Minas Gerais ( MPMG ) para decidir sobre sua detenção e tempo a ser cumprido. “A Polícia Civil irá realizar diligências para verificar o histórico de agressão da vítima em relação à família, bem como a vida pregressa do menor antes do crime”. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Homem mantém filha de 3 anos refém por 12 horas e ameaça matá-la

Publicados

em


source
Homem mantém filha de 3 anos refém por 12 horas e ameaça matá-la
Reprodução

Homem mantém filha de 3 anos refém por 12 horas e ameaça matá-la

Um homem manteve a própria filha, de apenas 3 anos, como refém e ameaçou matá-la após uma série de ameaças. Durante 12 horas, a Polícia Militar de Barbacena, em Minas Gerais, negociou com o homem para ele se entregar. A mãe da criança, de 37 anos, chamou a PM, por volta das 16 horas deste último sábado (27).

Ela explicou aos policiais que tinha um acordo amigável com o ex-marido, de 38 anos. Ele, geralmente, ficava com a filha aos sábados e domingos e devolvia a criança sempre em segurança. No entanto, após uma discussão com a atual companheira, a atitude do homem mudou.

Durante a briga, a mulher chegou a dizer que gostaria de se separar do criminoso, já que ele ainda gostava da ex-mulher. Depois disso, ele teve um surto e se trancou com a filha em um quarto. Para evitar a entrada de outras pessoas no cômodo, ele travou a porta com móveis.

Ele então passou a enviar áudios e vídeos para a ex-mulher informando que não devolveria a filha. Nas imagens, ele mostrou uma faca e disse que ele e a garotinha só saíriam da residência mortos.

Após horas de negociações e tentativas, sem sucesso, de abrir as portas onde ele estava, a polícia conseguiu convencê-lo a deixar a filha sair. Já na madrugada deste domingo (28), o homem aceitou retirar os móveis que travavam a porta e se entregou. Ele foi preso e levado para a delegacia da região. Uma fala e um celular foram apreendidos. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA