AGRONEGÓCIO

Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás desperta empreendedorismo e gera renda extra para assistente técnica

Publicados

em


Com grande habilidade na arte de cozinhar, a assistente técnica, Keila Dias buscava uma oportunidade para empreender. Ela sempre teve acesso aos cursos do Senar Goiás e foi no de Processamento Artesanal de Carnes que encontrou a inspiração que precisava. “Fiz o curso, me preparei e comecei a produzir. Aprimorei vários sabores de linguiça, técnicas de almôndegas, hambúrguer e vi a oportunidade de inserir os discos no cardápio que era algo que meus amigos gostavam muito”.

É nos fins de semana que prepara os produtos em casa. Junta o prazer de cozinhar com a possibilidade de ter uma renda extra. “Fabrico nos finais de semana, mas não perco encomendas não. Me organizo com o prazo de entrega de dois dias e fabrico a noite se precisar. Já cheguei a ficar até meia-noite fazendo produtos para não perder vendas.

O cardápio da Keila é bem diversificado. O que mostra as possibilidades que o curso do Senar oferece, dando base para várias criações. Ele produz linguiça suína com recheios de muçarela, bacon, frango com muçarela e bacon, além de hambúrguer, almôndega suína e de frango e os famosos discos.

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Indicador volta a subir

“Já comprei um freezer esse final de semana porque as vendas têm crescido e pretendo pagar com o lucro. Eu vendo em algumas empresas, para amigos e essas pessoas vão falando para outras e tenho a expectativa de crescer bastante. O Curso de Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás tem uma parte de empreendedorismo topíssima. São dicas maravilhosas para dar uma alavancada mesmo”, conclui .

O gerente de Promoção Social (PS) do Senar Goiás, Renildo Teixeira, destaca que o curso tem trazido muitas oportunidades para melhorar a renda de dezenas de pessoas nos vários municípios de Goiás. “De fevereiro até agora tivemos 19 turmas, num total de 167 participantes. Um outro exemplo de sucesso vem de Pontalina, cidade que fica a 120 km de Goiânia. A intenção da prefeitura é montar uma indústria de carnes artesanais e o treinamento veio para qualificar quem se interessa por esse mercado. O prefeito e a primeira-dama até fizeram um vídeo explicando como o curso foi importante”.

Para conhecer mais sobre o Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás acesse: https://sistemafaeg.com.br/sen… ou procure o sindicato Rural da sua região. Dez treinamentos já estão agendados até setembro.

Leia Também:  TRIGO/CEPEA: Com preocupação com o clima, preços seguem em alta
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Webinar abordará a cultura do sorgo no Brasil

Publicados

em


A KWS Sementes realiza um webinar sobre a cultura do sorgo no Brasil, dia 4 de agosto, às 19h. O evento conta com o apoio da Associação de Produtores de Leite (Abraleite), da Embrapa Milho e Sorgo, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater Minas), da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Sistema Faemg) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

“O objetivo do nosso webinar será́ levar informações técnicas de relevância que possam contribuir com os agricultores no processo de produção de sorgo para silagem, que é cada vez mais um importante componente na produção de carne e leite”, destaca José Benevides Romano, gerente de produto sorgo da KWS Sementes Brasil.

A programação do evento conta com a participação do engenheiro agrônomo Carlos Juliano Brant Albuquerque, professor da (UFMG) e produtor rural. Ele abordará o tema “Sorgo: alternativa viável na produção de forragem de qualidade em diferentes ambientes de cultivo”.

Leia Também:  Alice é o quarto maior repositório institucional brasileiro de acesso aberto

Em seguida, a entomologista Simone Mendes, pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo, fará a palestra “Pulgões em lavouras de sorgo: conhecer mais, manejar melhor”. E, para finalizar o webinar, o zootecnista João Ricardo Pereira, professor da Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR, falará sobre o “Potencial do sorgo na produção de carne e leite”.

“A ocorrência do pulgão-da-cana em lavouras de sorgo tem causado muitos prejuízos em lavouras de sorgo no Brasil. Dessa forma, vamos conversar sobre as principais estratégias para manejar essa praga, de forma a reduzir os prejuízos”, explica a pesquisadora Simone Mendes.

Acompanhe o evento ao vivo, dia 4 de agosto, no canal da KWS Sementes no YouTube (KWS Brasil – YouTube).

Mais informações com José Benevides Romano, [email protected]

Fonte/colaboração: KWS Sementes Ltda.

Fonte: Embrapa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA