AGRONEGÓCIO

Premiação das campanhas da água e dengue será em evento online

Publicados

em


As campanhas “Todos Contra a Dengue” e “Agro pela Água“, promovidas pelo Sistema FAEP/SENAR-PR ao longo de 2020, terão seus vencedores anunciados em evento online. A transmissão ao vivo será realizada no dia 8 de dezembro, com início às 10h30, no Facebook, YouTube e aplicativo do Sistema FAEP/SENAR-PR. A expectativa é que milhares de alunos e professores, das redes pública e particular do Paraná, além de familiares e convidados participem da transmissão.

Na programação do evento, além do pronunciamento do presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, está prevista a participação dos secretários estaduais cujas pastas estiveram envolvidas nas campanhas: Renato Feder, secretário de Educação e Esporte; Márcio Nunes, secretário de Desenvolvimento Sustentável e Turismo; e Norberto Ortigara, secretário de Agricultura e Abastecimento. Também vão estar presentes representantes das entidades parceiras como a Rumo Logística, Companhia Paranaense de Energia (Copel), Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Após os pronunciamentos, serão revelados os vencedores de cada categoria dos concursos das duas campanhas. Os alunos e professores premiados nas categorias Redação e Desenho receberão um tablet, enquanto os professores ganhadores na Prática Pedagógica um notebook. Ainda, as escolas vão receber um projetor.

Leia Também:  BOI/CEPEA: Pressão compradora enfraquece valor da arroba

Em uma premiação presencial simbólica, um professor e um aluno da rede municipal de Curitiba e um professor e um aluno da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), também de Curitiba, vão receber os prêmios das mãos do presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR. Os nomes dos 410 premiados, entre alunos e docentes, nos concursos de ambas as campanhas serão divulgados simultaneamente aqui no nosso site. No total, foram recebidas 2.308 inscrições de alunos, entre desenhos e redações, e 265 práticas pedagógicas de professores.

Olimpíada Rural também terá premiação ao vivo

No mesmo dia, mas no período da tarde, a partir das 14h30, serão reveladas as cinco equipes vencedoras da Olimpíada Rural, promovida anualmente pelo SENAR-PR. Com a participação do presidente do Sistema FAE/SENAR-PR, Ágide Meneguette, e a superintendente do SENAR-PR, Débora Grimm, a transmissão online também será realizada no Facebook, YouTube e aplicativo da entidade.

Na ocasião, serão revelados os nomes dos alunos dos programas Jovem Agricultor Aprendiz (JAA) e Aprendizagem de Adolescentes e Jovens (AAJ) que formaram as cinco equipes que desenvolveram os mais completos estudos de caso ligados à atividade agropecuária e à sustentabilidade. Os prêmios da Olimpíada Rural serão, do primeiro ao quinto colocado, respectivamente, um celular, caixinha de som, televisão, um relógio e headphone.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

TJSE acata pedido da Faese para cumprimento da redução das taxas cartorárias

Publicados

em


A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe – Faese participou de reunião com a Corregedoria Geral da Justiça na sexta-feira, 20, sobre o cumprimento da Lei Federal nº 13.986/2020, uma importante legislação para a redução dos custos do registro de garantias em operações de crédito rural em cartório.

As alterações na Lei foram publicadas no dia 20 de agosto deste ano, mas em Sergipe a norma não teve aplicação imediata. Após pedido da Faese, o Tribunal de Justiça de Sergipe – TJSE informou que a lei será cumprida.

Durante reunião da Faese com a Corregedoria Geral da Justiça foi discutido o procedimento que será adotado para a implementação das adaptações no Sistema de Arrecadação dos Cartórios Extrajudiciais com o TJSE.

O presidente da Faese, Ivan Sobral, destaca os principais benefícios para o produtor rural. “Com a alteração na lei, os registros de operações vinculadas ao crédito rural que usam imóvel como garantia real passam a ter o teto de 0,3%, da operação, diferentemente dos valores atuais que são bem maiores. Além disso, não há mais a taxa do valor do FERD, pois já está incluso no 0,3% não podendo ser cobrado nenhum valor a mais. Uma grande conquista para o produtor sergipano”.

Leia Também:  FRANGO/CEPEA: Liquidez interna é baixa, mas exportação firme mantém preços em elevação

Em um exemplo prático da aplicação da lei, uma operação de crédito no valor de R$ 20 mil, com garantia real imobiliária, a taxa cartorária aplicada pela legislação sergipana seria de R$ 289,15, acrescido da taxa do FERD, na ordem de 20%, R$ 57,83, totalizando o valor de R$ 346,98. Com a legislação atual, aplicando a cobrança de 0,3% sobre a operação, o valor fica no valor R$ 60 com o valor do FERD incluído, representando uma economia de R$ 286,98 (82,7%) para o produtor rural.

Participaram da reunião a Corregedora Geral da Justiça, Desa. Elvira Maria de Almeida Silva; a Juíza-Corregedora, Dra. Dauquíria de Melo Ferreira; o Superintendente do SENAR/SE, Dênio Augusto Leite Santos; o Presidente da FAESE, Ivan Apóstolo Sobral; a Diretoria do Sistema de Arrecadação e Gestão Fiscal (FERD), Amanda Barreto Sobral; o Assessor Jurídico da CGJ/SE, Rodrigo Ribeiro Emídio; e o servidor Olimpio Freire Pires Neto.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA