AGRONEGÓCIO

Live em parceria com Embrapa Acre comemora primeiro ano da Revista Entomology Beginners

Publicados

em


Com o tema “o papel do periódico na formação de novos cientistas”, a live comemorativa ao primeiro ano de existência da Revista Entomology Beginners será realizada nos dias 4 e 5 de outubro. O periódico é voltado para a publicação de pesquisas realizadas por estudantes de graduação, nas áreas da Entomologia e Acarologia. A transmissão ao vivo acontece a partir das 13h45, no horário de Brasília, pelo canal da Embrapa no YouTube: (4/10 – https://youtu.be/ZNPIuzGuK6o; 5/10 – https://youtu.be/hbdpvhfjOM8).

A live é organizada pela Revista, por meio de seu corpo editorial, e tem a parceria do Projeto Entomologistas do Brasil e Embrapa Acre. O debate contará com convidados de diferentes instituições, além de editores do periódico. Os participantes do evento poderão interagir e esclarecer dúvidas sobre os temas apresentados, por meio do envio de mensagens via chat.

“Serão oferecidas palestras sobre diferentes temáticas, como a importância de publicar desde a graduação, redação científica para principiantes e História da Entomologia Agrícola na Amazônia entre outros assuntos de interesse de alunos de graduação e pós-graduação. Além disso, durante mesa redonda de encerramento, com a participação de membros do Conselho Editorial, vamos discutir o percurso de um ano da Revista, os resultados alcançados, os desafios e perspectivas futuras”, explica o pesquisador da Embrapa Acre, Rodrigo Santos, editor-chefe da Entomology Beginners.

Em função da importância e abrangência das áreas de estudo contempladas pela Revista, estima-se a participação de distintos públicos na live, especialmente graduandos, pós-graduandos e professores orientadores entre outros profissionais interessados. As inscrições para o encontro on-line são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 3 de outubro. Clique aqui para se inscrever como participante e para conferir a programação do evento.

A live de aniversário da Entomology Beginners será gravada e ficará disponível no YouTube da Embrapa, para acesso e consultas posteriores.

Sobre o periódico

Lançado em outubro de 2020, o periódico brasileiro Entomology Beginners é dedicado à divulgação científica de resultados de pesquisas desenvolvidas na graduação, em formato de comunicações breves, nos idiomas português, espanhol ou inglês. São divulgados trabalhos acadêmicos como observações científicas, relatórios de pesquisa, monografias e trabalhos de conclusão de curso, recebidos em fluxo contínuo e sem taxa de publicação para os autores.

Leia Também:  Primeiro-secretário recebe Moeda Honorífica da Polícia Militar

Segundo Rodrigo Santos, por ser dirigida especialmente ao público estudantil, o periódico tem uma forma de publicação simplificada. Muitos alunos estão iniciando na produção científica e o corpo editorial do periódico leva esse aspecto em consideração na avaliação. A emissão de “pareceres humanizados” busca evitar que o aluno se desmotive caso seu trabalho não seja aprovado.

“Não utilizamos o critério de relevância relativa como negativa para aprovação, entretanto, o trabalho precisa estar de acordo com critérios metodológicos e apresentar zelo científico.  Ao avaliarmos o mérito científico, também buscamos agregar informações que possam ajudar o autor a readequar o seu texto para uma nova submissão, com chances de aprovação. Nossa proposta é contribuir para impulsionar a carreira acadêmica e científica de graduandos e graduados. Simplificar regras torna o processo mais acessível”, explica o pesquisador.

Para o professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Elidiomar Ribeiro da Silva, um dos palestrantes da live, a Entomology Beginners tem importância crucial na formação de novos cientistas. Enquanto veículo de divulgação com ênfase na graduação, o periódico serve de estímulo para que os estudantes produzam estudos que resultem em publicações científicas. “Além dos estudantes, a própria ciência se beneficia com isso, já que esses estudos costumam incluir informações simples, porém, frequentemente valiosas. Por isso, é importante incentivar os acadêmicos a darem publicidade às informações científicas geradas, por meio da publicação de artigos”, afirma.

Silva também destaca a linha de avaliação dos trabalhos como outro diferencial da Revista que favorece a produção científica.  Segundo o pesquisador, devido à inexperiência, natural nessa etapa, estudantes de graduação tendem a se entristecer mais com negativas e reveses profissionais, corriqueiros em qualquer área. Um parecer contundente e pouco amigável a um manuscrito submetido pode desestimular e levar a desistências de processos produtivos e até da carreira científica. “É fundamental que cortesia, educação e humanismo guiem as relações revisor-editor-autor, evidentemente sem prejuízo à busca constante do mérito científico, função que a Entomology Beginners desempenha de forma brilhante”, ressalta.

Leia Também:  Do paisagismo à piscicultura

O primeiro volume da Revista, lançado no ano passado, contou com dois trabalhos, enquanto em 2021 a Entomology Beginners já recebeu 12 submissões, das quais seis foram publicadas e três estão em tramitação. Rodrigo Santos avalia esses números como animadores, considerando que o tempo médio para um periódico se consolidar e conquistar credibilidade perante a comunidade científica é de três a quatro anos. “Em menos de um ano já recebemos trabalhos de diversas universidades brasileiras, além de uma instituição de ensino do México”, comemora o editor.

Indexadores Digitais

A Entomology Beginners é uma revista jovem, mas já possui DOI (Digital Object Identifier), um indexador digital padrão composto por números e letras, que identifica publicações on-line e permite verificar em que repositório o trabalho foi publicado. O DOI atribuído a um trabalho facilita o seu acesso e aumenta as chances de aceitação pela comunidade científica.

“Os indexadores têm a função de armazenar, disseminar e divulgar a produção científica. Atualmente, a Entomology Beginners possui dois indexadores que facilitam a busca bibliográfica das suas publicações. Estamos atuando na busca de outros indexadores para a Revista, uma vez que tais registros podem contribuir para aumentar a credibilidade do periódico”, diz o editor.

Além de assegurar que um artigo publicado on-line seja individualizado e facilmente localizado por seu registro numérico, o DOI é uma garantia de fidedignidade da publicação e assegura que ela estará sempre disponível na internet. Na prática, também beneficia os autores de artigos, já que muitas instituições brasileiras exigem produções científicas com esse identificador digital, por ocasião de eventos como concursos e editais de fomento.

Acesse o site da Revista Entomology Beginners e saiba mais sobre o periódico.

Fonte: Embrapa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Embrapa Hortaliças realiza painel sobre alimentação saudável e sustentável

Publicados

em


Transversalidade da CT&I na busca por uma alimentação saudável e sustentável é o título do painel que será realizado nesta segunda-feira (26/10), a partir das 15h pelo canal da Embrapa no Youtube. O evento está inserido no contexto da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2021, e visa a identificação de oportunidades para a conscientização das pessoas sobre a importância da ciência, tecnologia e inovação no cotidiano. 

O tema alimentação escolar será apresentado por Juliene Santos da Secretaria da Educação do DF. Já o representante do Ministério da Agricultura Luiz Rangel falará sobre perdas e desperdício de alimentos. O chefe-geral da Embrapa Hortaliças Warley Nascimento discorrerá sobre o papel da pesquisa para a sustentabilidade e saudabilidade das hortaliças.

Projeto

O painel, direcionado a professores, coordenadores e pesquisadores, faz parte das atividades do projeto “Pesquisadores do futuro: Inclusão de crianças e jovens do DF e entorno no mundo da ciência”, que contará com outras atividades direcionadas a estudantes, no período de 27 a 29 de outubro.

O projeto conta com o financiamento do CNPq e as atividades ocorrem pelo quarto ano. Em virtude da pandemia e para seguir os protocolos de segurança, esse ano houve restrição, assim como escolha prévia, do número de alunos e escolas participantes.

Leia Também:  Dirigente da Embrapa está em lista das cem mais influentes do agro

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Hortaliças, Warley Nascimento, o desenvolvimento desse projeto é uma forma de aproximar cientistas do universo escolar e estimular o interesse dos estudantes pelo conhecimento científico. “Para isso, realizamos atividades que demonstram como a ciência está presente na vida de cada um, destacando a contribuição da pesquisa agropecuária para o desenvolvimento nacional.

Fonte: Embrapa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA