RONDONÓPOLIS

AGRONEGÓCIO

Caravana Embrapa FertBrasil chega à Londrina

Publicados

em

A Caravana Embrapa FertBrasil será realizada nesta quinta-feira, 23 de junho, no Recinto Milton Alcover, do Parque Governador Ney Braga, em Londrina (PR), entre 8h e 12h30. O evento promove um debate sobre a crise provocada pela falta de fertilizantes, assim como capacita os participantes para incrementar as estratégias para racionalização no uso de insumos e estimular a adoção de boas práticas de manejo das culturas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui.“Nossa expectativa é auxiliar na superação da crise provocada pela falta e pelo alto custo dos fertilizantes, por meio de capacitação e da troca de conhecimentos, estabelecendo um diálogo entre a pesquisa e o setor produtivo e propondo soluções tecnológicas para atender as necessidades de cada região”, explica Alexandre Nepomuceno, chefe-geral da Embrapa Soja (Londrina -PR), unidade da Embrapa que realiza o evento no Paraná, em parceria com a Embrapa Florestas.

A Caravana Embrapa FertBrasil é uma ação realizada pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Embrapa e da Rede FertBrasil, com o patrocínio da Bayer, Bioma, Climate Field View, FertiSystem e da Rede ILPF, apoio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), do Sistema OCB, da Sindicato Nacional das Indústrias de Matérias-Primas para Fertilizantes (Sinprifert) e do Banco do Brasil. No Paraná, a iniciativa conta com o apoio da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP / SENAR), Organização das Cooperativas do Paraná (OCEPAR), Conselho Regional de Engenharia Agronômica (CREA), Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná, Sociedade Rural do Paraná (SRP) e Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná).

Leia Também:  Embrapa Territorial abre processo de seleção de bolsistas PIBIC

Programação no Paraná
Os encontros foram divididos em cinco módulos e ocorrem no período da manhã, das 8h às 12h30. Veja detalhes da programação:
Apresentação do sistema de produção local do uso de fertilizantes
Sandro Cesar Albrecht, coordenador do projeto Grãos, do IDR – Paraná 

Módulo 1 – Ferramentas para o planejamento agrícola: onde e quando plantar? 
Angelo Mansur Mendes, pesquisador da Embrapa Territorial

Módulo 2 –  Boas Práticas para o Uso Eficiente de Fertilizantes e insumos para a nutrição de Plantas no Brasil 
Cesar de Castro, Adilson de Oliveira Jr. e Fábio Álvares de Oliveira, pesquisadores da Embrapa Soja

Módulo 3 – Novas tecnologias para suprimento eficiente de nutrientes às plantas 
Juliano Corulli Corrêa, pesquisador da Embrapa Suínos e Aves

Módulo 4 – Uso de tecnologias digitais e sistemas de informação para recomendação de fertilizantes e insumos para a nutrição de plantas no Brasil
Ronaldo Oliveira, pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental

Módulo 5 – Tecnologias e práticas de manejo para a Sustentabilidade Agroambiental 
Osmar Conte, pesquisador da Embrapa Trigo e Salvador Foloni, pesquisador da Embrapa Soja

Caravana Embrapa FertBrasil
A Caravana Embrapa FertBrasil iniciada, em maio, em Mato Grosso do Sul e São Paulo está compartilhando informações e conhecimentos com profissionais que atuam na assistência técnica e extensão rural, sindicatos e associações rurais, e produtores. No Paraná, a Caravana Embrapa FertBrasil começou em Guarapuava seguiu para Cascavel e será realizada em Londrina (23/06) e Ponta Grossa (24/06), que são importantes polos regionais na produção de grãos. No Estado, o evento é realizado pela Embrapa Soja e Embrapa Florestas. A expectativa é atingir cerca de 10 mil profissionais, tornando-os multiplicadores das técnicas e orientações repassadas pela equipe da Embrapa e de instituições parceiras que integrarão a Caravana. 
A Caravana está abordando questões práticas e de impacto imediato, que ao serem adotadas poderão, junto com outras iniciativas do Plano Nacional de Fertilizantes, promover uma economia de até 20% no uso de fertilizantes no Brasil, já na safra 2022/23, podendo resultar em até um bilhão de dólares de economia para o produtor rural brasileiro. O Brasil, atualmente, consome cerca de 8,5% dos fertilizantes em nível global, ocupando a quarta posição. China, Índia e Estados Unidos aparecem no topo da lista de consumo.
Esses países, ainda, são grandes produtores mundiais de fertilizantes, à exceção do Brasil, que importou em 2021 cerca de 89% das 43 milhões de toneladas consumidas na produção agrícola. No país, as culturas de soja, milho e cana-de-açúcar respondem por mais de 73% do consumo de fertilizantes. A Rússia é responsável por fornecer 25% dos fertilizantes para o Brasil. Junto com a Bielorrússia, chega a fornecer mais de 50% do potássio consumido pelo agricultor brasileiro anualmente. 

Leia Também:  Reforma administrativa da Embrapa é tema de audiência na Comissão de Trabalho

Serviço: Caravana Embrapa FertBrasil – Londrina (PR)
Local: Parque Governador Ney Braga – Recinto Milton Alcover – Avenida Tiradentes, nº 6275
Data: 23/06
Horário: 8h às 12h30
Inscrição gratuita: http://lp-cnpso.comunica.embrapa.br/caravana-fertbrasil-23-06-londrina-pr

Serviço: Caravana Embrapa FertBrasil – Ponta Grossa (PR)
Local: Centro de Eventos Bourbon Hotel – Rua Jacob Holzmann, n° 219, Bairro Olarias
Data: 24/06
Horário: 8h às 12h30
Inscrição gratuita: http://lp-cnpso.comunica.embrapa.br/caravana-fertbrasil-24-06-ponta-grossa-pr
Mais informações: www.embrapa.br/caravana-embrapa

Fonte: Embrapa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Dia de campo apresenta tecnologia ILPF com foco na pecuária

Publicados

em

Nesta terça-feira (05/07), produtores, técnicos e estudantes puderam ver de perto como funciona o Sistema Integração Lavoura Pecuária Floresta em uma propriedade. A tecnologia foi apresentada no dia de campo “Importância da ILPF com foco na pecuária para o Leste Maranhense”, realizado na Unidade de Referência Tecnológica (URT) de ILPF na Fazenda Barbosa, em Brejo – MA.

Pesquisadores da Embrapa, técnicos da Fazenda Barbosa e profissionais da Universidade Federal do Maranhão conduziram cinco estações com as seguintes apresentações:  ILPF na Fazenda Barbosa e perspectiva para o Leste Maranhense, Benefícios da pecuária para os sistemas integrados, Manejo e plantio da safrinha de milho e forrageiras, Consórcio milho e forrageiras e a matéria orgânica do solo e a última estação que orientou sobre como viabilizar a pecuária no Leste Maranhense.

O Evento teve como objetivo divulgar os resultados positivos da Fazenda e incentivar a adoção do sistema ILPF entre os agricultores, pecuaristas, profissionais e estudantes da região. O dia de campo é uma realização da Rede ILPF, em parceria com a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), uma instituição alemã.

Leia Também:  Litro da gasolina sobe 10% no primeiro semestre e chega a R$ 7,56

ILPF

A ILPF é uma tecnologia de produção agropecuária com grande potencial de mitigação de emissões de gases de efeito estufa e sequestro de carbono pelo solo e biomassa, além de uma série benefícios socioambientais e econômicos. A implementação dos sistemas ILPF variam de acordo com as características de cada região e propriedade.

Maranhão
No estado do Maranhão, atualmente (safra 2020/2021) são 105.012 ha de área cultivada em sistemas integrados, o que corresponde a 2,19 % da área total, revelando a necessidade de promoção da tecnologia para aumento de área.

Fonte: Embrapa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA