AGRONEGÓCIO

CAFÉ/CEPEA: Preços iniciam ano em alta e Indicador atinge recorde nominal

Publicados

em


Cepea, 13/01/2021 – Os preços domésticos do café arábica estão avançando neste começo de 2021. Na sexta-feira, 8, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 625,71/saca de 60 kg, novo recorde nominal de toda a série histórica do Cepea, iniciada em 1996. Em termos reais, no entanto, o maior preço diário foi registrado em 28 de maio de 1997, quando o Indicador fechou a R$ 1.979,63/sc (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de dez/20). Nessa terça-feira, 12, o Indicador do arábica fechou a R$ 617,05/sc. Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso vem da valorização do dólar frente ao Real e, especialmente, da retração vendedora. Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Covid-19: mortes batem recorde e Portugal pode ter ajuda internacional
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Faese apresenta demandas do agro à senadora Maria do Carmo

Publicados

em


A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe – Faese recebeu nesta quarta-feira, 27, a visita da senadora Maria do Carmo. Durante reunião, foram apresentas demandas para o desenvolvimento da agropecuária sergipana.

A Faese apresentou pautas de interesse do produtor rural sergipano, a exemplo da reabertura do posto da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab em Nossa Senhora da Glória e o apoio da senadora Maria do Carmo para aprovação do PL 4334/20, que está tramitando na Câmara dos Deputados. O projeto de autoria do deputado Jose Mario Schreiner fixa um teto nacional de R$ 250 para o custo do registro em cartório das garantias de operações de crédito rural.

O presidente da Faese, Ivan Sobral, destaca as principais demandas apresentadas durante reunião com a senadora Maria do Carmo. “São pautas importantes para o nosso produtor rural. Temos um posto da Conab em Glória que não funciona. Estamos pedindo o apoio da senadora para que os produtores do Alto Sertão tenham acesso com mais facilidade, pois só o posto de Itabaiana dificulta o acesso dos produtores desta região. Outra demanda importante é a redução das taxas cartorárias. Já existe um projeto para estabelecer um teto e pedimos o apoio da senadora para quando o projeto chegar ao Senado”.

Leia Também:  ALGODÃO/CEPEA: Alta na parcial de janeiro se aproxima de 20%

Durante reunião, o presidente da Faese Ivan Sobral também solicitou recursos para o Centro de Treinamento, onde serão ofertados uma agenda de cursos para os produtores rurais. Também foi solicitado recursos e uma unidade móvel odontológica para o programa Senar Saúde que é voltado para homens e mulheres do campo. A previsão é que o programa aconteça em cinco municípios no segundo semestre deste ano.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA