AGRONEGÓCIO

ALGODÃO/CEPEA: Indicador sobe mais de 13% na parcial do mês e renova máxima nominal

Publicados

em


Cepea, 13/01/2021 – As valorizações do dólar e dos contratos futuros na Bolsa de Nova York (ICE Futures) neste início de ano têm impulsionado as cotações do algodão em pluma no mercado brasileiro. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário favorece a paridade de exportação. Nessa terça-feira, 12, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, fechou a R$ 4,3137/lp, o maior, em termos nominais, de toda a série história desse produto, iniciada em julho de 1996. Na parcial deste mês (até o dia 12), o avanço do Indicador é de expressivos 13,24%. Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MILHO/CEPEA: Indicador se aproxima de novo recorde real
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Faese apresenta demandas do agro à senadora Maria do Carmo

Publicados

em


A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe – Faese recebeu nesta quarta-feira, 27, a visita da senadora Maria do Carmo. Durante reunião, foram apresentas demandas para o desenvolvimento da agropecuária sergipana.

A Faese apresentou pautas de interesse do produtor rural sergipano, a exemplo da reabertura do posto da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab em Nossa Senhora da Glória e o apoio da senadora Maria do Carmo para aprovação do PL 4334/20, que está tramitando na Câmara dos Deputados. O projeto de autoria do deputado Jose Mario Schreiner fixa um teto nacional de R$ 250 para o custo do registro em cartório das garantias de operações de crédito rural.

O presidente da Faese, Ivan Sobral, destaca as principais demandas apresentadas durante reunião com a senadora Maria do Carmo. “São pautas importantes para o nosso produtor rural. Temos um posto da Conab em Glória que não funciona. Estamos pedindo o apoio da senadora para que os produtores do Alto Sertão tenham acesso com mais facilidade, pois só o posto de Itabaiana dificulta o acesso dos produtores desta região. Outra demanda importante é a redução das taxas cartorárias. Já existe um projeto para estabelecer um teto e pedimos o apoio da senadora para quando o projeto chegar ao Senado”.

Leia Também:  Rafa Kalimann renova o bronzeado do corpão em Arraial do Cabo

Durante reunião, o presidente da Faese Ivan Sobral também solicitou recursos para o Centro de Treinamento, onde serão ofertados uma agenda de cursos para os produtores rurais. Também foi solicitado recursos e uma unidade móvel odontológica para o programa Senar Saúde que é voltado para homens e mulheres do campo. A previsão é que o programa aconteça em cinco municípios no segundo semestre deste ano.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA